30 de julho de 2008

O

Foi hoje anunciado, com muita pompa, circunstância e publicidade qb, o "nascimento" do Magalhães.
Ainda não sei se é bom ou mau.
Ainda falta saber muitos pormenores como, por exemplo, se a "generosa oferta" vai ser envenenada com alguma obrigação de fidelização à internet...

Quem trabalha nas escolas, directamente com os alunos, sabe que a Acção Social Escolar é tudo menos justa.
Se num agregado familar de 4 pessoas (pai, mãe e 2 filhos) houver 2 ordenados (mesmo que seja o ordenado mínimo) já não têm direito a subsídio nenhum!
Um casal com 1 filho, mesmo que só um dos pais trabalhe, também já não tem direito a nada...
Por outro lado, gente que nada faz, mas desde que receba o rendimento mínimo, tem direito a todos os subsídios e mais alguns!!

Há injustiças terríveis nesta história dos subsídios, que agora vão ser ainda mais agravadas com a distribuição dos computadores.
Vai custar-me imenso ver crianças inteligentes e interessadas sem computador porque os pais não lho podem comprar, e, por outro lado, ver serem dados computadores a quem não se interessa pela escola, a quem tem mais faltas que presenças, a quem tem direito a tudo sem nada dar em troca!!!

29 de julho de 2008

Abrançalha-de-Baixo é Portugal??

A julgar pelo que vi hoje na televisão, não deve ser... (felizmente!)
Se não, para que seriam precisas legendas para ficarmos a saber o que aquelas cândidas mulheres diziam?

Fiquei estarrecida: primeiro, por aquelas pessoas serem tão ignorantes, mas tão ignorantes que nem falar sabiam. Para entender o que diziam, só através das legendas.
Depois, pelo que diziam e como o diziam!
Que os rapazes eram uns santos, não tinham armas nem faziam mal a ninguém (no entanto, um homem entrevistado dizia que as pessoas, lá na aldeia, tinham medo daquele grupo!)
Quanto ao polícia alvejado, gravemente ferido, foi, segundo a tia, alvejado por outro polícia!
O polícia queria alvejar a irmã da entrevistada, mas ela "baixou-se" e a bala foi acertar no polícia!

(a mim sempre me pareceu fácil fugir de um tiro e afinal é mesmo!!)

Deprimente haver gente assim!
E essa gente até deve votar!!!

(eu sei que não estou a ser politicamente correcta e que toda a gente tem direito a existir e blablabla... mas às vezes apetece mesmo desbobinar!!)

28 de julho de 2008

Será química?

Porque é que se eu deixo fora da caixa um pão e uma bolacha, o pão endurece e a bolacha amolece?

27 de julho de 2008

Para que servem as informações da net??

Na net à procura de um local jeitoso no Algarve, para passar uns dias de papo ao ar, acho piada à informação que é dada em algumas todas as páginas:

dizem a que distância fica o aeroporto de Faro;
a que distância fica Lisboa;
a que distância ficam os campos de golfe;


mas esquecem-se de dizer a que distância fica a praia!!

24 de julho de 2008

Guerra de sexos?

Cada vez que me queixo "não tenho nada que vestir" ou a variante "não tenho nada que calçar", responde o marido com aquela retórica do "as mulheres, blablabla".
Arranja logo um rol de defeitos tão grande que eu às tantas o calo com um "se as mulheres são tão chatas e os homens são assim tão formidáveis porque não casaste com um homem?"

(e ele até me diz porquê, eu é que não posso escrever aqui!)

Agora que estamos a "viver" no sótão, não posso deixar de lhe dar razão!
No meu cantinho do quarto está o meu calçado:
  • 2 pares de chinelas "havaianas"
  • 2 pares de sabrinas

  • 4 pares de sandálias

  • 1 par de ténis

Do lado dele?
Se está em casa, está lá um par de sapatos, se foi sair, está lá um par de chinelos!

23 de julho de 2008

O fabuloso mundo dos blogs de culinária...

Pouco tempo depois de ter começado este blog, fiz também um de culinária.
Copiava para lá algumas receitas que via por aí, e mais nada.
Aquilo estava para lá ao abandono até que, em Março deste ano, resolvi mudá-lo para o blogger e reactivá-lo.

Com a primeira receita, começaram logo os comentários.
Atrás dos comentários, fui descobrindo um mundo que desconhecia: o dos blogs de culinária.
Que, ao contrário do que imaginava, são imensos!!
E interessantes: todos os que conheço, não se limitam a copiar receitas de revistas ou caderninhos, não.
Toda a gente publica, com fotografias (às vezes imensas, como se se tratasse de uma receita filmada, e maioritariamente com excelente qualidade) só as receitas que vai experimentando. Este pormenor torna estes blogs diferentes de um vulgar livro de receitas. Depois ainda há as achegas que chegam através dos comentários, o que torna estes blogs deveras interessantes!!

Desafio-vos a fazer uma visita à
Bruxinha do Lar, e de lá podem partir para imensos blogs através dos links que lá tenho.
Outra ideia muito interessante é a página das
Cozinhas do Mundo.
Nesta página existe um motor de busca que permite procurar uma determinada receita em todos os blogs aderentes. Até agora nunca procurei uma receita que não encontrasse!

Aproveitem as férias e...bons cozinhados!


22 de julho de 2008

E prometo que, até Setembro, vou esquecer que as escolas existem!!

Na avaliação do meu PCT (projecto curricular de turma, um documento recentemente inventado e importantíssimo para o sucesso dos alunos, nem sei como foi possível que crianças tivessesm aprendido a ler, ao longo dos séculos antes de tão importante invenção!!), escrevi assim:

«Uma das actividades que me propunha fazer e não fiz, foi a construção de um blog.
Isto porque, nas férias de Natal (Dezembro de 2007) a escola foi assaltada e levaram todos os computadores que nela existiam. Claro que, até hoje, não foram respostos, nem pela Câmara Municipal de Aveiro – entidade que os instalou na escola, no âmbito do PRODEP – nem por mais nenhuma entidade...
O que leva a concluir que, afinal, iniciar as crianças nas TIC não é tão importante como é apregoado por todos, Primeiro-Ministro incluído.»

21 de julho de 2008

Querem divertir-se sem sair de casa?

É fácil!
Basta acederem ao site do Correio da Manhã, que é divertimento pela certa!
Hoje dei lá com esta maravilha:



E eu que pensava que sabia como se faziam os bebés, e essas coisas!
Afinal, são os leitores de jornais que decidem quando uma pessoa há-de, ou não, ficar grávida!
Oh pá, estou mesmo indecisa: voto sim ou voto não?
E se votar "sim", será que ela ainda me vem pedir pensão de alimentos?
Livra!!

20 de julho de 2008

Esnoba

E continuo na onda musical...
Esta música é o tema de uma personagem de uma novela (a Rakeli, da "beleza pura").
Como tenho estado por casa (graças às queridas obras), até dá para ver novelas à tarde em pleno Verão!!

Ouçam com atenção que vale a pena!

Música brasileira?
Só porque tenho por ela um apreço imenso!!


19 de julho de 2008

Intervalo

(escusam de ficar deprimidos que não sou eu a despedir-me: trata-se de uma cantiga que ultimamente não me sai da cabeça e que eu acho linda!!)

18 de julho de 2008

Trabalhar para quê?

No Telejornal, o nosso Presidente (o da República) dizia que, para combater a crise em que o país está atolado, temos de trabalhar mais.
Trabalhar mais? Terei ouvido bem?
Parece que o Presidente continua com o mesmo problema que tinha quando era primeiro-ministro: não tem tempo para ler jornais!

Porque, se tivesse, tinha lido que, em Portugal, 35% das pessoas que trabalham são pobres!

Como quer ele que as pessoas trabalhem ainda mais, se neste país quem trabalha é pobre?
Se neste país quem não trabalha tem direito a casa (e se não se sentir lá bem porque o local "é violento", até poderá ter direito a outra...), a material escolar gratuito, refeições gratuitas, e ainda recebe um bom ordenado ao fim do mês, sem ter de dar nada em troca?

Trabalhar para quê?

17 de julho de 2008

Chocante!


Já uma colega me tinha contado e eu tinha ficado chocada, mas hoje voltou a dar o mesmo programe e fui eu que vi!
Num programa da SIC Mulher, o chef inglês Jamie Olivier descobriu que as crianças das cantinas lá da terra dele comiam mal e porcamente. Por isso resolveu tentar mudar-lhes a alimentação, indo cozinhar às cantinas das escolas.

Não vi do princípio, apanhei o programa exactamente numa das partes que a minha colega - chocadíssima - me tinha contado:
ele fez uma sanduíche com um ar delicioso e deu-a a um garoto para provar.
O garoto recusou e então ele ofereceu-lhe dinheiro... e mais dinheiro... e ainda mais dinheiro.
Imaginem que chegou aos 150 € e o garoto não provou!!!

Naquelas cantinas as crianças só comem fast food: hambúrgueres, pizzas, e uma espécie de "douradinhos" de frango!! O acompanhamento é sempre o mesmo: chips!

Nada de verde, nada de fruta! E nem devem saber que existe um alimento chamado sopa!
Incrível!
E as caras de nojo cada vez que o Jamie lhes pedia que provassem algo?
E não era peixe cozido! Era carne assada, frango assado, saladas, sanduíches!
Quando a cantina começou a funcionar co comida decente, havia miúdos, daqueles que ainda não têm idade para sair da escola, que davam dinheiro aos mais velhos para eles lhes trazerem comida da rua!
E lá vinham eles com aqueles embrulhos nojentos do "fish and chips"!!
E mais: (se estiverem de pé, sentem-se!)
havia pais que vinham dar hamburgueres aos filhos através do gradeamento da escola!!!!!!!!!

Mais incrível ainda: as cozinheiras acham tudo muito bem e também resistiram às mudanças. E elas mesmas também não comiam legumes.
Uma delas disse que era a primeira vez que estava a comer feijão (verde, creio eu!!).

Não sei como vai terminar a história (acho que o programa continua, mas não sei quando).
Só sei que o tal do Olivier tem muito trabalho para frente e, cá para nós que ele não vem ler isto, duvido que consiga mudar as mentalidades daquela gentinha tão ignorante!!

14 de julho de 2008

Não estou a ver os Prós e Contras

com muita atenção, mas ouvi um senhor (que está na plateia, não no palco) a "desancar" nos portugueses: que são pouco trabalhadores, pessimistas, ignorantes e sei lá mais o quê.

Também se falou em educação (não sei se foi ele):
que antigamente é que o ensino era bom, que com a 4.ª classe se sabia mais do que agora com o 12.º ano...

Ok, ok!
Então porque está o país como está??
Se afinal, a maioria dos que agora "mandam" (patrões, autarcas, governos - com os ministros da educação, os autores dos currículos e até dos manuais) andaram na escola no tempo da eficiente 4.ª classe??

13 de julho de 2008

Afinal parece que Ingrid Betancourt não estava na selva

da Colômbia, mas sim num (bom) hotel!
Pelo menos a julgar pelas palavras de Clara Rojas que diz ( afirmando que Ingrid mentiu acerca de factos passados no cativeiro):

"Eles [Betancourt e Perez - outro prisioneiro] ficavam na área de fumantes e eu na de não-fumantes e não tínhamos nada a ver. Não sei a que se refere o que disse Ingrid".

10 de julho de 2008

Ai as férias!

Hoje, mais desanuviada mas ainda sem férias, resolvi brincar com as fotos das do ano passado.
Não ficou giro?

9 de julho de 2008

Malcriado!

Eu sou bem educada.
Mesmo quando me "salta a tampa", salta-me com alguma educação.
E não suporto gente malcriada.
A educação é daquelas coisas para as quais não é preciso ser-se rico e não tem nada a ver com habilitações académicas.

Hoje, à hora de almoço tocou o telefone.
Apesar de ser um número confidencial, atendi.
Era um daqueles "dadores de prémios". Nem com estes sou malcriada: Digo educadamente qu enão estou interessada no fantástico prémio que acabei de ganhar e pronto, assunto resolvido.
Afinal, eles não fazem aquilo para se divertirem, fazem-no para ganhar a vida e eu tenho por hábito respeitar isso.

O de hoje, depois de falar ininterruptamente durante 1 ou 2 minutos, faz-me uma pergunta à qual eu tenho de responder certo para ganhar o prémio.
Quando, finalmente tive oprtunidade de falar, disse-lhe "mas o senhor não me perguntou sequer se eu estava interessada no prémio. E não estou.

Não é que a besta me desligou o telefone na cara, sem um "obrigada" ou "boa tarde" ou o que quer que fosse?
Fiquei pior que má!
Estúpido!!

8 de julho de 2008

Em estado de sítio..

... está a minha casa!
Obras no quarto-de-banho obrigaram-me a mudar de armas e bagagens para o sótão.
Não sei como é que obras num local relativamente pequeno, implicam com toda a casa!
Os quartos cá de baixo estão cheios de tralha que saiu do quarto-de-banho! (um tema para estudo: como se acumula tanta tralha num espaço pequeno?)

Há pó por todo o lado e nem adianta limpar porque fica tudo na mesma logo de seguida.
Acordar às 8 da manhã (agora que nem precisava de acordar tão cedo) com o barulho de um berbequim gigante, não tem nada de agradável!

Concluindo:
Aceito hospedagem em casa de alguém!
(já agora de alguém que more à beira do mar, que não posso ser pobre também a pedir!!)

7 de julho de 2008

Como acabar de vez com o insucesso escolar!

Numa altura em que se multiplicam as reuniões de professores e o pessoal discute como vai fazer para reduzir o insucesso escolar (como se isso dependesse apenas do trabalho dos professores e como se nós só agora tivessemos começado a pensar no assunto), eis que recebo a resposta para todos os problemas.

Caros colegas:
Passem a fazer os vossos testes assim, e vão ver o sucesso a crescer e, quiçá, a chegar aos almejados 100%!
(e ainda com a vantagem de passarem a ser muito mais fáceis de corrigir e cotar!)

Quem é amiga, quem é?

5 de julho de 2008

Tourada no futebol...

Já fiz mais de uma centena de actas e sei de cor o paleio final "... se lavrou a presente acta que depois de lida e aprovada, vai ser assinada..."

Vem isto a propósito da conversa de um senhor - ligado ao futebol - que hoje monopolizou as televisões.
Ele trazia uma acta duma reunião que para ele tinha acabado de tarde e para outros só teria acabado de madrugada.
Não sei a que horas acabou, mas sei que uma acta feita por um secretário e assinada por um presidente não pode ser válida.
Se não, para que serviriam as reuniões?
Bastava duas pessoas estarem de acordo e prontos...

(o que, pensando bem, até nem seria má ideia!!)
E já agora: porque se "lavram" as actas em vez de se escreverem???

4 de julho de 2008

Indecências

Hoje à tarde no programa da Júlia, na TVI, estava uma rapariguinha a submeter-se a um "detector de mentiras" (!!!!!) para provar ao marido que o filho que ela tem é filho dele e não fruto de uma traição.


Fiquei pasmada!


Das duas uma: ou o filho é mesmo do marido e mulher nenhuma merece um homem tão desconfiado, ou então ela traiu-o mesmo e então é ela que não o merece!

Não vi o final da "história" por isso não sei se mentia ou falava verdade.
De qualquer das maneiras ela vai ficar sem o homem... (ou talvez não, tudo é possível!)

Apesar de ser cada vez mais vulgar, ainda fico de boca aberta cada vez que vejo pessoas que expõem assim a sua intimidade!
A troco de quê?

1 de julho de 2008

Os ecologistas vivem à luz das velas?


É, eu gostava de saber como vivem essas pessoas que passam a vida a refilar cada vez que se quer construir uma barragem.
(neste caso, é a barragem no Sabor, mas não me refiro especificamente a essa. A contestação é contra qualquer uma.)

Claro que, num mundo ideal, nós teríamos todas as mordomias que a electricidade nos dá, sem mexer uma palha na natureza...
Mas, todos sabemos, o mundo ideal não existe!

Neste mundo, para termos umas coisas temos de estragar outras.
Não se fazem omeletas sem partir os ovos!
Pelo que todos temos de batalhar é para que esse estargo seja mínimo, e não para que as obras não se construam!