29 de março de 2016

Rapidinha de segunda

Era já de madrugada e o telefone da mulher toca.
O marido atende e, após uns segundos, diz:
– Como quer que eu saiba? Se quer saber isso telefone para a Marinha!
Deitada ao seu lado, pergunta a mulher:
 – Quem era amor?
Responde o marido:
– Sei lá! Era um tipo a perguntar se a costa estava livre…

28 de março de 2016

Não querendo, de maneira nenhuma,


apoucar o sofrimento (inimaginável) dos familiares dos que morreram no trágico acidente que aconteceu em França e que vitimou 12 portugueses, pergunto-me:

Qual é a responsabilidade do governo português nesse acidente?
Nenhuma, é claro.
Então, por que motivo os familiares dos mortos acham que é o governo português o responsável pela trasladação dos corpos?
(E o governo até se prontificou a transportar os corpos num avião da força aérea, embora em condições que não interessaram aos familiares das vítimas, tendo por isso rejeitado esta ajuda).