22 de janeiro de 2011

Dia de reflexão


Nem sei se vale a pena refletir, já que ontem, logo de manhãzinha, ainda nem tinha acabado de acordar e já estava a ouvir o resultado das eleições... Meia taralhoca, lembro-me de ter pensado:
"Hã? Já estão a dar o resultado? Esqueci-me de ir votar?"

Mas não, eram apenas as previsões. Dadas com tantos pormenores que já nem valia a pena haver eleições.*
Não temos um candidato que diz que uma segunda volta seria muito dispendiosa para um país em crise? Então, vão por mim e poupem ainda mais: façam só previsões e nem a primeira volta é precisa!

*(a não ser que as pessoas que responderem aos inquéritos sejam como eu, que ainda não sei em quem vou votar...)

7 comentários:

Rolando Palma disse...

Suspeito que todos sentimos a inutilidade da espera. Será porque sentimos que nada, rigorosamente nada irá mudar, senão a cor do esmalte?

Enfim...

Anónimo disse...

Olha, para te ser sincera também ainda não sei em quem votar...certeza apenas é em quem não voto !
Amanhã lá irei, espero que mais consciencializada !

bj

angelis disse...

Eu sei em quem vou votar e irei exercer meu direito e dever civico. As previsões são para influenciar o voto dos indecisos, não achas?
Beijinhos e "bota benhe"

Anónimo disse...

Eu nunca liguei a previsões...como já alguém disse, "previsões só no fim do jogo".

Só espero que não voltemos ao tempo, que nem direito a previsões tinhamos.

E como diz a copiona da minha "bezinha": Amanhã bota, mas bota benhe! ;):)

Derland disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Derland disse...

Pelo que parece você gosta de refletir e para quem gosta de refletir o lugar certo e esse blog aqui http://www.derlandreflexivo.blogspot.com
De uma olhada vai valer a pena.

mlu disse...

Nem previsões, nem eleições nacionais (presidenciais) eram precisas: com os poderes que o nosso PR tem, até podia ser eleito pela Assembleia da República. Não estão lá os representantes do povo?

Boa semana!

Uma fotografia por domingo (388)

No rio Vez, em Arcos de Valdevez.