9 de dezembro de 2011

Roubalheira descarada

Há muito por onde escolher, mas a maior roubalheira que atribuo a este governo são as portagens nas "scut", principalmente as da via do Infante e a do IP5.
No Algarve, a via do infante não é uma auto-estrada, é apenas uma estrada com um muro no meio.
A alternativa é uma estrada nacional congestionadíssima, onde é uma aventura conduzir e chegar ao fim da viagem são e salvo.

Já o IP5 (chamo-lhe assim porque foi mesmo construída como um IP e não uma auto-estrada), dado o elevado número de acidentes que nela se registavam (no tempo em que isso era levado em consideração), resolveram transformá-lo numa auto-estrada. Construíram a auto-estrada por cima da anterior, eliminando assim a única alternativa que havia.

Como se tudo isto não bastasse, as portagens são escandalosamente caras (ouvi dizer que eram até as mais caras da europa).
Tão caras que deverão levar à falencia muitas pequenas empresas e empobrecer ainda mais o país.

Com tantas medidas destas, não vamos morrer da doença, porque morreremos antes da cura.

5 comentários:

polittikus disse...

Não concordo com o pagamento das SCUTS, mas a "coisa" tem duas visões: se os de Lisboa têm de pagar auto-estrada para sair ou entrar na cidade, porque motivo o resto do país não paga!? É claro que uma coisa é o litoral de Portugal, outra é viver em Castelo Branco... de qualquer forma não é com medidas destas que se fomenta o emprego e o desenvolvimento.

mfc disse...

Mas daqui a uns tempos vamos voltar a eleger os que de lá saíram e que são iguizinhos!
E ainda daqui a uns tempos mais largos voltaremos a eleger estes... pois já não são os mesmos!!!

pé-de-cereja disse...

Saltapocinhas, parece-me que «a maior» é talvez exagero. Mas a verdade é que me sinto indecisa na escolha porque elas são tantas e tão graves que nem sei qual a pior. Desde que eles chegaram que todas as semanas, quase diria todos os dias, sabemos de uma medida que nos vai afectar e gravemente. E como disse o MFC a dança das cadeiras diz-nos que ao saírem estes os que vierem são parecidos a não ser que se quebre este ciclo maldito.
Politikus - não te percebi. Em «Lisboa têm de pagar auto-estrada para sair ou entrar na cidade»? Que eu note a única autoestrada é a de Cascais e tem alternativa, a marginal. Não digo que não seja um inferno entrar ou sair de Lisboa em hora de ponta, mas quem seja sensato vai de comboio, e qualquer das 2 linhas liga ao metro.

aflores disse...

Não concordo contigo quando dizes «a maior roubalheira».
Estás a ser muito meiguinha para com quem nos rouba indecentemente :)

As portagens, as scuts...como quiseres chamar, são um pequeníssimo roubo comparado com outros roubos em que todos somos vítimas.

:)

Saltapocinhas disse...

para mim, portagens, tem um toque medieval que não me agrada, pronto!