4 de abril de 2012

Paixão assolapada

Primeiro ouviu-se uma grande chilreada e depois um bando de pardais aterrou no meu jardim.
Seguidamente todos  levantaram voo, menos dois deles, que ficaram engalfinhados um no outro.
Comecei por pensar que os dois pardalitos andassem à bulha, e estava a preparar-me para ir lá assustá-los (eu estava do lado de dentro da janela), mas depois percebi que estavam só a namorar.
No meio do meu jardim, na relva, completamente descontraídos, só se foram embora algum tempo depois, quando eu resolvi sair para os fotografar...

Sorte deles, que a Nikita tinha acabado de entrar em casa, vinda precisamente do jardim, senão aquela paixão ia acabar muito mal!

6 comentários:

mlu disse...

Esta paixão nem ficou assolapada, veio ao de cima! Pena não ter dado para fotografar, mas a Primavera ainda agora começou! Não percas a esperança que ainda hão-de ir mais namorar no teu jardim!

Beijinhos

pé-de-cereja disse...

É muito interessante, mas realmente os amores dos animais (por serem 'selvagens'?) têm algo de violento. Pelo menos aos nossos olhos.
Ainda bem que a Nikita estava distraída, ou seria um Romeu e Julieta com um final trágico.
(ela fez anos agora?... parece-me ter visto no facebook)

aflores disse...

A tua gata é danada para a brincadeira, mas tu... és mesmo cusca!
Não querem lá ver que ias fotografar o casalinho num momento muito especial?!
ai, ai ai, ai ai.

;):)

mfc disse...

E lá se foi o almocito da nikita!!

ponto e virgula disse...

confesso que gosto de visitar blogues dos mais diversos autores na pesquisa da variedade temática. claro que algum dia aqui chegaria, foi hoje.

delirei com este post pois, sou grande apreciador da vida animal e, o momento que registas é de rara beleza.
merecia sim uma fotografia, mas até os animais "agradecem" a privacidade.



a...té

xunandinha disse...

É a primavera minha boa amiga,beijinhos