Rapidinha de segunda

Justina, no leito de morte, decidiu confessar ao seu António:
"Toino, sabis? O nosso filho más velho nã é tê filho!"
O António, muito tranquilo, responde-lhe:
"Dêxa lá Justina, nã há nenhum problema... !"
 
Justina, muito intrigada com toda a calma do seu António, suplica-lhe:
"Escuta lá Toino!!! Vê se intendes! Estou a dezêr-te que o tê filho não é teu, homem de Deus!!"
 
E o António muito serenamente responde-lhe:

"Pois, pois... eu entendi, Justina."


"Ai, Jisus!! Por que raios então tu não estás zangado e ficas tãn tranquilo?"
 
Finalmente, o António responde:
"Pois... sabes Justina, que este filho tambêm não é tê filho!!!?"
 
Justina indignada rebate:
"Como não é mêu, homem de Deus?
Sê carreguê o infliz na minha barriga durante nove meses?!"
 
António responde:
"Justina, lembras-te quando tu estavas na maternidade me pediste para trocar o menino, queli estava todo cagado?

Pois bem... eu troquê-o por um limpinho que estava ao lado."

Comentários

Marli Borges disse…
Uau! Que trágico!!!!
mlu disse…
E pronto, estava vingado!
Ah! Ah! Ah!



Um abraço.
maria mar disse…
Atã...só foi bêm mandado!...

Mensagens populares deste blogue

O vagalume e o sapo

O respeito

Fábula moderna