Rapidinha de segunda

Quatro homens costumam ir pescar há muitos anos, sempre na mesma época, montando um acampamento para isso.

Este ano, a mulher do João bateu o pé e disse que ele não ia.
Profundamente desapontado, telefonou aos companheiros e disse-lhes que não podia ir.

Dois dias depois, os outros chegaram ao local do acampamento e, muito surpreendidos, encontraram lá o João à espera deles e com a sua tenda já armada.

- Então, João, como é que conseguiste convencer a tua “patroa” a deixar-te vir?
- Bem, ontem à noite, depois de acabar de ler "As Cinquenta Sombras de Grey", a minha mulher arrastou-me para o quarto. Na cama, havia algemas e cordas!
Mandou-me algemá-la e amarrá-la à cama e depois disse: “Agora, faz tudo o que quiseres...”.

VIM PESCAR!

Comentários

mlu disse…
Óptima!! AH!AH!AH!


Boa semana, já com algum solzinho!

Um abraço.
mlu disse…
Este comentário foi removido pelo autor.
maria mar disse…
Excelente!....acho que vou fazer o mesmo, mas ao contrário!....
;)
Boa semana. Bjoca

Mensagens populares deste blogue

O vagalume e o sapo

O respeito

Fábula moderna