10 de fevereiro de 2016

O homem de Constantinopla e Um milionário em Lisboa



Título: O homem de Constantinopla e Um milionário em Lisboa
Autor: José Rodrigues dos Santos
Editora: Gradiva

Gosto dos livros do José Rodrigues dos Santos, principalmente dos romances históricos.
Gostei especialmente destes dois, que contam a vida (romanceada) do arménio Calouste Gulbenkian.
Talvez para não ferir suscetibilidades, JRS mudou os nomes às principais personagens, mulher e filho incluídos.
Pelo que pesquisei, o verdadeiro Gulbenkian teve dois filhos (Nubar Sarkis e Rita Sirvarte), embora no livro exista um único filho, chamado  Krikor.
É, no entanto, na história desse filho fictício que o livro tem a parte mais impressionante e a de que mais gostei: o êxodo e massacre do povo arménio.

De resto, o Gulbenkian retratado nestes livros não era flor que se cheirasse: tinha uma data de taras e manias, como ter sempre à sua disposição uma menina bastante nova (que era "trocada" com regularidade). Era autoritário e completamente hipocondríaco, preferia viver em quartos de hotel do que na sua própria casa...

Veio viver para Lisboa (mais uma vez para um hotel) para fugir à 2.ª guerra mundial e, aquilo que era apenas temporário passou a definitivo e ele nunca mais de cá saiu.
Graças a esse acaso, temos no nosso país a formidável Fundação Gulbenkian.



Estrelas: 4 * * * *

1 comentário:

Angel disse...

Eu adoro os livros do JRS e claro, gostei muito destes dois. A descrição da tortura/genocídio do povo arménio é arrepiante de tão pormenorizado e realista (fiquei com lágrimas nos olhos...)