28 de março de 2016

Não querendo, de maneira nenhuma,


apoucar o sofrimento (inimaginável) dos familiares dos que morreram no trágico acidente que aconteceu em França e que vitimou 12 portugueses, pergunto-me:

Qual é a responsabilidade do governo português nesse acidente?
Nenhuma, é claro.
Então, por que motivo os familiares dos mortos acham que é o governo português o responsável pela trasladação dos corpos?
(E o governo até se prontificou a transportar os corpos num avião da força aérea, embora em condições que não interessaram aos familiares das vítimas, tendo por isso rejeitado esta ajuda).


3 comentários:

cereja disse...

... porque se está habituado a ser tratado como crianças, para o mal e para o bem. Protegem-nos à força de mil e um perigos. É proibido mil e uma coisas que o bom senso nos diz que não se deve fazer, e outras tantas coisas que «podem fazer mal» e, pelo sim pelo não, é proibido. Por outro lado obriga-se a fazer outras coisas para nos proteger de tudo. Sempre me irritou isso, porque anula o meu livre arbítrio e a responsabilização. Claro que agora, se espera que as autoridades se responsabilizam por algo de que, como bem dizes, não terão a menor responsabilidade.

Alberto disse...

Vê como é fácil explicar qualquer coisa quando se usam critérios "histórico-sociológicos" à moda sinistra: tais pessoas não precisariam residir alhures caso o capitalismo selvagem não as tivesse expulsado de seu torrão natal. Vai daí, a responsabilidade do governo torna-se evidente.
Como não sou adepto de qualquer seita aparentada a isso, faço minha a tua interrogação.

AFlores _ disse...

Não dá para entender nem para comentar. Simplesmente triste....