Aeroporto... quê?

A sério?
É uma parolice de todo o tamanho dar ao aeroporto o nome de Ronaldo.
Na primeira vez que ouvi a notícia pensei que era uma brincadeira e só hoje descobri que afinal é mesmo a sério!

Nunca achei piada nenhuma a pavilhões chamados Rosa Mota ou Carlos Lopes. Acho que essa homenagem (ao contrário de outras) só deve ser feita depois da pessoa ter morrido. Mas, do mal o menos: dar aos pavilhões o nome de atletas não é completamente despropositado...

Agora dar o nome de Cristiano Ronaldo a um aeroporto? Um aeroporto??
Se mais ninguém tem juízo e são todos uns lambe botas, poder-se-ia esperar algum senso da parte do próprio Ronaldo, rejeitando ele a ideia.

Mas como se pode esperar bom senso da parte de um rapaz que, tendo metade do mulherio do mundo ansioso por ir para a cama com ele, compra os filhos já feitos?

Comentários

Alberto disse…
Quando Hugh Grant foi flagrado com Divine Brown em situação delicada, perguntaram a Jack Nicholson o que levava homens desejados por tantas mulheres a pagar para uma mulher ter sexo com eles. E ele respondeu com bastante sinceridade: Nós pagamos não para que elas venham ficar connosco. Mas para que elas vão embora.
Pode ser algo assim o caso de CR7...
Quanto ao nome do aeroporto... só me surpreendeu que concordes com o Miguel (MST). Mas também acho um absurdo.
saltapocinhas disse…
Não ouvi o MST e ainda bem... Detesto concordar com ele!
:)
Quem tem dinheiro, pode tudo!
Beijinhos,
Espero por ti em:
strawberrycandymoreira.blogspot.pt
http://www.facebook.com/omeurefugioculinario
https://www.instagram.com/marysolianimoreira/
Angel disse…
Ui, esse ultimo comentário é fogo :P
Manuel Veiga disse…
onde assino o teu protesto?
uma saloiice a passar as marcas.
alfacinha disse…
Dar ao aeroporto o nome de alguém que ainde vive é uma loucura, mas Ronaldo fica um atleta fenomenal .
Abraço
mlu disse…
E então...assino por baixo! CR7 não amadureceu ainda o suficiente para rejeitar a proposta!

Mensagens populares deste blogue

O vagalume e o sapo

O respeito

Fábula moderna