23 de março de 2010

Eu cá resolvia os problemas

de indisciplina no futebol (ou melhor, "à porta" do futebol) de uma maneira muito simples:
em vez de mandar para lá montes de polícias - que com certeza estão a fazer falta noutros lados - tomar conta daqueles energúmenos, deixava-os lá ficar todos, uns com os outros.

Só teria de haver o cuidado de fazer o jogo num local que se pudesse fechar, para não prejudicar inocentes.
Quando estivessem todos lá dentro, fechava-se tudo muito bem fechado e pronto...

No dia seguinte era só ir lá e limpar tudo.

Haviam de ver se não se acabava com esses vândalos!

9 comentários:

Shakti disse...

Acho que nem com essa terapia de choque eles terminavam...

bj

mlu disse...

Apoiadíssimo! E as claques iam trabalhar para viver, não fazem falta nenhuma, antes pelo contrário!
O Eusébio não tinha claques...

Abraço.

Didas disse...

Ideia engraçada, emobra não vão só claques ao futebol.

José António disse...

Uma limpeza que significaria um descanso. Já não há leitores VHS, mas ainda há cabeças limpas.

Romy disse...

Ainda se chama aquilo DESPORTO?
Eu chamo-lhe BATALHA CAMPAL!

Arte-Educadora > Pris! disse...

Olá!!!

Estou com um projeto da faculdade, poderia me ajudar?

é só dar a sua opinião sobre o assunto da semana e pronto.

Pode? Quando tiver um tempo, estarei esperando.

o link é http://amoartesim.blogspot.com/2010/03/multiculturalidade-interculturalidade-o.html

o site é http://priscilamacedo.yolasite.com/

Abraço, Priscila

=D

Arte-Educadora > Pris! disse...

Olá!!!

Estou com um projeto da faculdade, poderia me ajudar?

é só dar a sua opinião sobre o assunto da semana e pronto.

Pode? Quando tiver um tempo, estarei esperando.

o link é http://amoartesim.blogspot.com/2010/03/multiculturalidade-interculturalidade-o.html

o site é http://priscilamacedo.yolasite.com/

Abraço, Priscila

=D

Há.dias.assim disse...

o meu imaginário faz isso com os concursos de lutas de cães. Mas sou mais requintada. fecho-os e depois puxo-lhe fogo.
Já assistiram a uma luta de cães? só vi em filme se em reportagens e só de pensar o meu coração aflige-se.
A violência desportiva é um pouco como a luta de cães...mas apetece adoptar a tua medida.

O Baú do Xekim disse...

Olá amiga.

Um lindo e feliz fim de semana pra si e família.

Beijinhos.