4 de agosto de 2010

Pelas ruas da amargura

... anda a justiça portuguesa, a ser verdade o que li no JN de ontem:

«O homem que, na tarde de domingo, conduzia o automóvel que abalroou e matou um rapaz de 13 anos, em Fafe, fugindo de seguida, entregou-se na GNR no dia seguinte. Tinha saído da cadeia há pouco tempo, não tem carta e o carro estava ilegal. Foi libertado

Sem mais comentários, porque não é necessário.

6 comentários:

Paula disse...

Cada vez mais me parece que a justiça não passa de uma utopia...

polittikus disse...

A justiça é cega surda e muda... e por vezes até é paralítica.

Shakti disse...

Já nem sei o que pensar desta justiça...sinceramente...


Olha vou privatizar o meu canto, se quiseres continuar a aparecer por lá, diz qualquer coisa pelo email !

bj

ameixa seca disse...

Tudo que é ladrão está livre e no poleiro :) Não os vês na assembleia? As leis estão sempre a favor de quem rouba e mata!

xunandinha disse...

Se eu tivesse esse azar ,tinha a vida desgraçada concerteza! beijinhos

Anónimo disse...

necessario verificar:)