18 de setembro de 2010

A requisição, essa instituição nacional

Logo no dia 1 de setembro foram à minha escola uns trabalhadores da Câmara (3!), a fim de cortarem uns ramos da árvore do recreio que está a incomodar o vizinho (foi ele quem fez um requerimento à Câmara para virem podar a árvore, requerimento esse que foi pago).

Quando os homens lá chegaram, não cortaram os ramos à árvore porque não tinham escada!
O vizinho (o tal que os chamou lá) prontificou-se a emprestar-lhes a sua escada, mas eles não quiserem porque diziam que esta não havia sido requisitada (?).

Entretanto, como eles estavam na escola, a funcionária pediu-lhes que pelo menos aproveitassem a viagem para cortar uns ramos da amoreira que temos no recreio e que durante as férias cresceu tanto que nos impede a passagem pela "passadeira" de cimento que temos no recreio, obrigando-nos a andar pela terra.
Que não, não podiam cortar os ramos porque "o serviço não foi requisitado"...

Mas que raio faz esta gente?
Mas que raio de burocracia é esta que impede que se façam estes serviços simples, e que vai obrigar a uma nova deslocação de outros 3 homens - embora ainda não saibamos quando?

9 comentários:

Há.dias.assim disse...

Bem vinda ao mundo do "monstro"! imagina o que é isso por esse país fora em ene serviços... aí também se encontra o responsável pela crise: financeira, valores, bom senso...

Jorge disse...

Ainda bem que não é preciso requerer uma olhadela no seu blog!

xunandinha disse...

Pois eu como membro da Associação de pais e E.Educação passei as passinhas do Algarve com papelada e emails e telefonemas por causa de 2 platanos enormes que temos na escola que precisam de ser podados para não causarem tanto incomodo no Outono e na Primavera e a resposta é zero a senhora engenheira que está a cuidar dos espaços verdes diz que os platanos não são tão agressivos como as oliveiras,piada é que temos lá uma e não incomoda e os platanos fazem babas no corpo manchas comichão e a mim falta-me a voz, a oliveira não me faz nada ,aliás tenho uma casa rodeada de oliveiras e o resultado a alergias é zero.
Aqui na escola teremos que esperar por uma engenheira que ache que os platanos causam alergias e não são poucas.beijinhos

mlu disse...

Nem dá para acreditar em tanta estupidez e incompetência! E uma pessoa fica tão irritada que dá vontade de se pôr aos gritos com essa (e outra) gentinha, ou sou eu, já velhota, que perdi a paciência por completo?

Didas disse...

O requerimento não é pago. O vizinho levou uma touca qualquer ou está a mentir.

R. disse...

O problema não é a falta da requisição. O problema é a falta de vontadinha de trabalhar de 3 pessoas que arranjam qualquer desculpa para estar quietas.

R.

aflores disse...

....entretanto, esperemos que nenhum ramo caia e magoe alguém :o)

Tudo de bom.

Bom ano lectivo.

afigaro disse...

Bonito! Que dirão a isto os delegados sindicais dessa gente! Há tanta gente com emprego:trabalho é que não! será que ninguém das chefias dessa gente ainda não leu isto?...se calhar,não! A hierarquia camarária é complicada.
Para a próxima tenham por perto umas "bjecas" para oferecer e verão a reacção dessa pobre gentinha.

José António disse...

É o estilo... aqui em baixo copiam o modelo na perfeição. Um dia deste liguei para a Câmara Municipal de Loulé a propósito de uns troncos de árvore e responderam-me: desenrasque-se que o pessoal é pouco. Lindos meninos...