25 de setembro de 2010

Uma sugestão para acabar com a crise

Eu acho que a principal exigência para se ser ministro, ou administrador de uma grande empresa, seria que o candidato possuísse carta de condução.
Já viram o que se poupava em motoristas?

5 comentários:

polittikus disse...

lololol está bem pensado. Poupava-se em motoristas, mas gastava-se em carros. Os meninos iam querer andar de Ferrari...

Mirian Martin disse...

Por aqui já teve motoristas e jardineiros que já serviram de testemunhas contra falcatruas políticas. Se isso pegasse, muitas das falcatruas nem seriam descobertas! :)
Eu acho que seria melhor diminuir bem o salario desses senhores politicos. Mas eles sempre dão um jeitinho de aumentar... :(

Há.dias.assim disse...

Querida,
há muitos motoristas, mas acreditas que muitas não querem trabalhar...

José António disse...

Que proposta perigosa para quem vive em Lisboa. Com os problemas de visão de alguns imagino as tagentes e as secantes a tudo o que mexe.

Olga disse...

Podiam andar de camioneta, porque é que o funcionário público "pequeno" é que tem de pagar a crise?