24 de novembro de 2010

Má sorte, ter nascido fêmea

Só pode ser esta a conclusão a que chego quando olho para a minha bichinha.
Normalmente tão irrequieta que até faz nervos, está ali num canto, a olhar para mim, com o ar mais infeliz do mundo...
Foi na segunda-feira fazer a esterilização, agora anda com aquele horrível funil que a faz tropeçar em tudo e não a deixa lavar-se.

Se fosse um gato, nada lhe acontecia.
Às tantas, se fosse um gato, nem teria sido achada - como foi - num caixote do lixo...

5 comentários:

polittikus disse...

Provavelmente, se fosse gato, não tinha sido abandonada...

Pedro disse...

olha que não, olha que não... he he.
o meu gato, o firefox, também foi castrado e passou pelo mesmo.

Leci Irene disse...

Tadinha da bichinha!!!!! Faz uns afagos nela!!!!!

mlu disse...

Tenho 2 gatas que já me vieram ter às mãos esterilizadas e um gato que mandei castrar porque era um desassossego,sempre ferido nas lutas pelas fêmeas! Acho que é um mal menor, mas tenho pena. Deviam poder namorar à vontade!

Abraço.

Anónimo disse...

queremos mais postssssss!!!!!!