22 de novembro de 2010

Manifs

Gostava de ver as pessoas que estavam na manifestação anti-NATO, e que foram "brutalizadas" (segundo informação de uma senhora lá presente) por uns sacanas de uns polícias mauzões, como ia dizendo, gostava mesmo era de as ver manifestarem-se no Iraque, ou no Irão, ou no Afeganistão...
Gostava mesmo de os ver lá, com os penteados ridículos e piercings por tudo quanto é lado.
E, se sobrevivessem à manifestão, podiam ficar lá a viver.

Era um favor que faziam ao mundo.

(eu, se fosse à polícia, realmente não os teria algemado.
Pelo menos não sem antes os obrigar a limpar a esterqueira que fizeram na rua!)

2 comentários:

aflores disse...

Eu diria que:"...já não há manifs como antigamente". Nem eram autorizadas!. :o)

polittikus disse...

Manif? Qual Manif? Manif´s eram no século passado em que tinha colegas de turma a mpostar a peida ao mundo e á Ministra da Educação. Agora tenho putos com a mania que são reguilas, que gostam é de fumar ganzas e dar chatices aos pais...
PS- ESTOU DE GREVE lolololol