Vala comum

Comecei por semear os bolbos todos em filinha, atendendo às características da sua espécie, tudo direitinho.
Entretanto, as "kizinhas"* divertiam-se a revolver a terra mole, a desenterrar alguns bolbos e a estrear a nova casa-de-banho tamanho XXXL.

Já era quase noite e eu com uma quase tendinite de tantas ervas arrancar (sim, que eu não sei usar ferramentas, arranco as ervinhas à mão, uma a uma, pela raiz) e de tantos buracos fazer, perdi a paciência:
Peguei na enxada, abri uma vala comprida e despejei para lá o resto da saca dos bolbos, sem querer saber de espécie, nem tamanho, nem nada...

Foram assim, sem glória, enterrados numa vala comum.
Quando nascerem - isto se sobreviverem às kizinhas - vou ter um jardim caótico, mas original!

* Kizinhas:
A Kitty e a Nikita, as 2 gatas que me vieram parar cá a casa.

Comentários

José António disse…
Podes baptizá-lo: "o jardim da malandrice" ou, sem ofensa para mim, "o jardim alentejano".

PS: quem sabe se do buraco negro brotará uma túlipa verde. Daquele verde "esperança que isto melhore".
Leci Irene disse…
Menina: eu quero uma foto depois deste teu jardim! Imagina que lindo ele deve ficar, todo misturadinho!!!!!!!!
Santos Passos disse…
E eu, português novo, que já ia ao dicionário procurar "kizinha".
Beijinhos
Manuela Freitas disse…
Alguma coisa há-de nascer...surpresa! Talvez seja a mais bela das flores!..Os gatos realmente são tramados, eu também tenho dois, levadinhos para a brincadeira!
Bj,
Manuela
ameixa seca disse…
Tenho montes de valas comuns porque o que semeei, morreu mesmo antes de nascer :)
aflores disse…
A minha maria, depois de muitas valas comuns, optou por construir um "campo de concentração"...bem vedado, bem arrumadinho.

Esqueceu-se de uma pequenina coisa, o LEÃO, um Serra da Estrela com não sei quantos Kgs SALTA muito bem e ADORA fazer por lá uns buraquitos :)))))

Uma vez por outra lá vai dizendo: "...olha que botão de rosa bonito. Leão! Sai daí, já!

Adoro aquele relacionamento.

;) Tudo de bom.
xunandinha disse…
Vai ficar lindo vais ver, beijinhos
pé-de-cereja disse…
Tentei deixar aqui um comentário, já há dias mas o parvo do gerador de comentários não aceitava o meu nick e queria uma password de que eu já não me lembrava.... :(
Mas hoje já me conhece, e vinha dizer que o título do post é muito exagerado!!! Quanto tudo nascer, vais ter um monte de flores que é uma beleza. Tens de por aqui a foto!

Mensagens populares deste blogue

O vagalume e o sapo

O respeito

Fábula moderna