Natal

Chove. É dia de Natal.
Lá para o Norte é melhor:
Há a neve que faz mal
E o frio que ainda é pior.

E toda a gente é contente
Porque é dia de o ficar.
Chove no Natal presente.
Antes isso que nevar.

Pois apesar de ser esse
O Natal da convenção,
Quando o corpo me arrefece
Tenho frio e Natal não.

Deixo sentir a quem quadra
E o Natal a quem o fez,
Pois se vai mais uma quadra
Sinto mais Natal nos pés.

Não quero ser dos ingratos
Mas, com este obscuro céu,
Puseram-me nos sapatos
Só o que a chuva me deu

Fernando Pessoa (25-12-1930)

Comentários

mlu disse…
Feliz Natal, com tudo de Bom!



Um abraço.
Feliz Natal, bjs
polittikus disse…
Com frio e chuva. Feliz Natal...
xunandinha disse…
Feliz e santo natal, chove e é até ao fim do ano, beijos
Angel disse…
Ah (grande) poeta! :) Por acaso ñ choveu aqui, nem ontem nem hoje, mas parece q vamos ter uns pingos a partir de 2a-f. Mas td indca q vamos entrar no Novo Ano mais sequitos (até na carteira, caraças...) Boas Festas e sejam felizes! Temos mts razões p sorrir, apesar de tudo.
aflores disse…
Por estas bandas até esteve sol. Bastante frio, muito mesmo, mas...o calor humano ajudou;):)

Continuação de Boas Festas e BOM ANO!

Mensagens populares deste blogue

O vagalume e o sapo

O respeito

Fábula moderna