22 de agosto de 2014

E as montanhas ecoaram,

"O menino de Cabul" e "Mil sóis resplandecentes", três excelentes livros, do mesmo autor e com o Afeganistão como cenário.


"O menino de Cabul" conta-nos a história de Amir e do seu amigo Hassan. Uma história de amizade interrompida por acontecimentos dramáticos.

"Mil sóis resplandecentes" narra a vida de duas mulheres (Mariam e Laila) que, embora venham de meios diferentes e tenham tido vidas completamente distintas, acabam por partilhar o mesmo marido. Começam por se odiar, mas acabam por se tornar cúmplices e as melhores amigas, até que...
Este é, dos três, aquele em que a história dos últimos anos daquele país é contada com mais pormenores, desde a invasão soviética à subida ao poder dos talibãs.

"E as montanhas ecoaram" conta a história de dois irmãos, Abdullah e Pari, separados em crianças, porque o pai vendeu a menina (Pari) a uma família rica, para poder assim sustentar o resto da família.
Dos três, este foi o que menos gostei embora, ainda assim, seja um livro muito bom.

O que é mesmo difícil de aceitar é que, num país que já foi "normal" e desenvolvido, uma raça de gente má chamada "talibãs" tenha conseguido destruir tudo à sua volta, principalmente no que diz respeito às mulheres e aos seus direitos.
Toda a gente devia ler estes livros, ou pelo menos um deles.


Depois há o autor, Khaleid Hosseini.
Nasceu no Afeganistão e viveu lá até aos 11 anos.
Filho de um diplomata e de uma professora de literatura, saiu do país quando o pai foi convidado a ser embaixador em Paris, mas não voltaram porque entretanto a União Soviética invadiu o Afeganistão, começando naquele país uma era de guerras e revoluções que dura até hoje.
Vive atualmente nos EUA, é médico e ainda trabalha na UNHRC (Alto Comissário das Nações Unidas para os Refugiados).
Para além disso, é lindo, como podem comprovar pela foto anexa.

4 comentários:

Angel disse...

Pois é, não são todos 'maus'... Podemos tentar uma troca de livros ;)

mlu disse...

O homem é mesmo bonito!!!
Não li nenhum dos livros nem me apetece fazê-lo! Fico "mal" com a violência, seja de que ordem for!
Aproveito para dizer que as últimas fotos de Domingo são uma maravilha!Parecem pinturas! Eu e a água temos uma relação especial, dá-me paz!
Bom fim de semana,
Um abraço.

aflores disse...

... essa do lindo :))))))))))
hmmmmmmmmmmmmmm

saltapocinhas disse...

que queres, Flores?
ele é mesmo giro! ;)
olha a ver se a mlu não é da mesma opinião!