4 de fevereiro de 2007

Desabafo

«Ando profundamente triste e desiludida!
Eu, que até sou sonhadora e ainda acredito que cada professor pode mudar o Mundo!!

Os alunos que nada fazem ainda são premiados pelos pais tendo telemóveis de última geração e IPod's maravilhosos...
Ainda por cima, "achincalham" o professor que tem, normalmente, um telemóvel muito mais antigo.
Na escola, dá-se atenção ao mau e raramente se fala no bom, passamos mais tempo a falar dos alunos problemas do que dos outros alunos...»

Este é o desabafo da Ana Cristina, que eu subscrevo.

Os professores perdem imenso tempo e ânimo a trabalhar para alunos que não querem aprender, que andam na escola só porque são obrigados...
E fazem-no porque sabem que não há castigo para quem não se esforça minimamente, nem na escola e nem em casa!
Os professores gastam horas e horas a preencher "planos de recuperação", "planos de acompanhamento", avaliações dos planos, adaptações curriculares (que é assim: vai-se cortando o programa até ele chegar ao nível do aluno)...
E para quê?

5 comentários:

PN disse...

Essas também são perguntas que muitas vezes me faço. Tenho pena dos alunos médios e dos bons alunos que se esforçam imenso, enquanto que os cábulas são protegidos por decretos. É muito triste quando vemos que o caminho da educação é o da quantidade e não o da qualidade. Com todas essas coisas cada vez mais me apercebo de que se calhar ando a lutar pela causa errada.

José António disse...

Vamos ver: um aluno desses mesmo, bons e aplicados anda 17 anos ali a gastar pestanas e a olear os neurónios. Depois esfola-se para arranjar um contrato de 1000 euritos por mês.
Com vantagem comparativa participam num Big Brother ou equivalente e amealham que se fartam. É a tal história do papel da Escola: Duvido que chegue ao A4.

Quintanilha disse...

São problemas de uma profissão. As outras profissões têm outros problemas!
Cabe às escolas e aos professores tentarem mudar as coisas, mas não estarei errado se disser que a maioria baixa os braços. É mais cómodo!

Quintanilha disse...

Lê isto:
http://assobiorebelde.blogspot.com/2007/02/visita-de-estudo.html

Angel disse...

Respondendo ao José António: cada vez mais verifico q kem se mata a estudar e até a tirar um curso superior nem contrato consegue arranjar qd termina, qt mais um de 1000 euros... Infelizmente, no nosso país, mts têm óptimos trabalhos graças aos conhecimentos vantajosos q possuem (e ñ estou a falar de conhecimentos académicos...). E isto de fazermos td e mais alguma coisa pelos alunos q ñ se interessam minimamente em estudar ou trabalhar é bem verdade... E custa-me q alunos q até se esforçam e trabalham acabem com as mesmas notas na pauta q os outros q nos dão tantas dores de cabeça e só prejudicam o aproveitamento dos colegas... (este é o meu desabafo...)