14 de agosto de 2012

Por culpa de alguém

que aposto nem será (devidamente) castigado por isso, morreram hoje dois inocentes: um bebé de 20 meses e um cão, não sei com que idade.

Não vou falar do bebé, porque para isso não há palavras, mas vou falar do cão:

Como é possível que alguém, num apartamento, tenha dois cães daquele tamanho?
Se não é proibido, devia ser, e as pessoas que o fizessem deviam ser severamente punidas.

De preferência, antes de morrerem crianças.
E cães.

4 comentários:

mlu disse...

Apoiado! Já era para o século passado uma lei severa e eficaz!


Um abraço

Alberto disse...

E, apesar de tudo, hoje mesmo há, no Facebook, uma defesa emocionada dos pitbulls...

aflores disse...

O animal só pode ser abatido por ordem do tribunal ou por iniciativa do dono, que poderá (eu disse poderá) ser julgado e apanhar dois anos de cadeia... porque não tinha o cão registado e respectivo seguro.

São estas as normas, as 'nossas leis'.

Já agora, não esquecer um pormenor (interveniente)que deveria constar nestes (já habituais) casos dramáticos, que são os 'criadores' dos animais, alguns com página na net e com um volume de negócios a fazer inveja a muito empresário.

E mais não digo.

Entretanto, e até um próximo caso, uma criança morreu...

Angel disse...

São pessoas q acham q é mt lindo ter um cão destes, mas esquecem-se de q precisam de espaço, de passear, de arejar e de atenção... Nunca um apartamento é um local adequado para um cão de grande porte, quanto mais dois... É triste pq morreram 2 inocentes: a criança e o cão :(