4 de junho de 2004

Compras fora de horas

Porque andei adoentada durante a semana só hoje fui ao hiper já passava das 22 horas.
Quando cheguei à caixa eram 22:45 e atrás de mim estava uma fila grande. Lá dentro ainda havia muita gente que se passeava nas calmas, como se fosse o meio da tarde. A rapariga da caixa, apesar de muito simpática, via-se que estava extremamente cansada. E eu, que sou muito perguntadeira, pergunto a mim própria: haverá necessidade de as pessoas trabalharem até tão tarde?Haverá necessidade de tanta loja aberta aos sábados e domingos até às tantas?? De tantas pessoas a trabalharem com horários estúpidos e ordenados miseráveis?
Quando vejo crianças em Centros Comerciais, fazem-me impressão: se não estão a comer nos Mac's e afins, normalmente andam a chorar e a fazer birras... Não seria mais saudável tanto para elas como para os papás irem para um jardim, para uma praia, ou darem uma volta pela cidade ou pelo campo?
Ou então se ficassem calmamente a "curtir" a casa já que durante a semana não têm tempo?
Já sei que me vão cair em cima com a história do emprego que esses locais oferecem e do jeitão que dá ir às compras ao domingo...
Mas a mim não convencem: as pessoas compravam na mesma durante a semana, tinham era de deixar de ser tão comodistas.
Quanto aos empregos, acho que aquilo não dá futuro a ninguém pois vemos sempre caras novas nas lojas...Novas nos dois sentidos: porque estão sempre a mudar e porque não se vê lá ninguém na casa dos trinta... ( o que farão às empregadas???)

1 comentário:

SaltaPocinhas disse...

Não me preocupo muito de os hiper abrirem ao domingo e fecharem tarde. O pessoal só trabalha as horas q tem q fazer. O sistema é rotativo. Quanto a caras novas e serem pessoas novas: são as benesses dadas pelos governos na questão do 1º emprego: os descontos para a previdência só serão feitos após um ano de contrato. Aí surgem duas alternativas: ou renovam o contrato ou são despedidas e metem outras no lugar, pelo q normalmente optam pela segunda. Enviado por mário em junho 5, 2004 11:32 AM

Como trabalhadora de caixa que ja fui num hipermercado na altura em que ainda estudava, digo-te simplesmente q o mário tem muita razao. Dão preferencias a pessoas que seja 1º emprego porque acabam por lucrar com isso. Passado um ano... logo se vê. Quanto aos horários sao realmente rotativos, o que não impede que sejam cansativos, por vezes ainda custa mais... Quanto ás crinaças nos supermercados seria muito melhor realmente se os pais as levassem para sitios ao ar livre, praias, campos, jardins... ha tantos sítios bonitos e adequados para se ir com as crianças... Para quê fechá-las num centro comercial?? Bom-fim-de-semana e um beijo enorme* Enviado por meialua em junho 5, 2004 01:30 PM

@@ MARIO: Gostavas de trabalhas aos fins-de-semana?? Eu sei que é rotativo mas há pessoas que nem um fim-de semana chegam a ter por mês... E a quem tem filhos deve custar bastante : quando as mães estã livres estão eles na escola! Enviado por saltapocinhas em junho 5, 2004 05:40 PM

Sempre do avesso: eu tenho de fazer fins de semana. Rotativos. Odeio ter de os fazer. Por uma série de razões. Não que eu goste particularmente deles. Nem tão pouco por razões religiosas. Porém, razões culturais induzem-nos a pensar que o fim de semana é para descansar. Concordo. Discordo desses horários tenebrosos que obrigam pessoas a terem de engolir indignidades. Pelo menos nalguns trabalhos. Não é felizmente o caso do meu. Ainda assim, prefiro trabalhar quando toda a gente o faz. NADA justifica essa mania - porque é disso que se trata - das pessoas "aproveitarem" o fds para irem "chacinar" semelhantes que tudo o que querem é ir para casa. Se temos tempo para tanta coisa inútil durante a semana, certamente teremos tempo para fazer as nossas compras. NUNCA vou ás compras durante o fds. Respeito pelos outros. Vivemos numa sociedade massificada, que prefere a estupidificação à capacidade se sonhar e de usarmos a nossa liberdade. Trata-se com efeito de um atentado á liberdade. E é tb claro que as crianças seriam bem menos alienadas por jogos alguns a tocarem a imbecilidade, se usufruissem de espaço e espaços. A criatividade deles, vê-se na incapacidade para construirem um brinquedo de qq coisa. Não posso estar mais de acordo contigo. Beijos e obrigado por me visitares. Enviado por LetrasAoAcaso em junho 5, 2004 07:39 PM

Tens razão... mas é assim mesmo n é? São geralmente grandes multinacionais e com o desemprego k há, é-lhe fácil arranjar gente para trabalhar. Mesmo k seja por pouco tempo e com ordenado minimo **** :) . Enviado por Tiago em junho 5, 2004 07:51 PM

Concordo em absoluto ctg, salta-pocinhas! Mas tenho k admitir k gosto de ir de vez em quando um sábado á tarde ao shopping... :/ Nem k seja para passear... eu sei, parece ridículo... lol :/ Mas sem dúvida uma ida a beira-mar ou a um jardim é mt melhor do k deambular pelas lojas... Enviado por folhaderascunho em junho 5, 2004 09:03 PM

As empregadas vão para a reciclagem.... Já que vim aqui ver as novidades, aproveito para dizer que já revelei toda a verdade sobre o ovo. Será que acertaste? Bjinhos grandes Enviado por Formiguinha em junho 5, 2004 10:04 PM

Eu já comentei aí por um blog algures, que não concordo nada com o trabalhar fora de horas nem com horários absurdos como os dos hipermercados até ás tantas da noite. Voltoa dizer uma vez mais (já o disse tb por aí) que sou adepta do comercio tradicional. Eus ei que muitas pessoas trabalham e preferem comprara tudo no mesmo sítio mas ... antigamente tb já se trabalhava e o comércio tradicional era bem mais simpático. Tenho pena da minha sobrinha que ganha um salário minimo e trabalha até á meia noite no Feira Nova aqui de Chelas (Bela Vista), pois entre o fechar a caixa e fazer as contas ainda tem mais 30 ou 45 minutos pela frente e na manhã seguinte vai para aa escola (é trabalhadora estudante) Enviado por grilinha em junho 5, 2004 11:47 PM

@@ FORMIGUINHA:És muito boa no marketing... ;)** Enviado por saltapocinhas em junho 6, 2004 12:11 AM

@@ GRILINHA: Concordo inteiramente... até já escrevi mais sobre o mesmo! :)** Enviado por saltapocinhas em junho 6, 2004 12:12 AM

@@ TIAGO: Há sempre quem se aproveite de quem mais precisa!! Enviado por saltapocinhas em junho 6, 2004 01:04 AM

Não podia concordar mais contigo!!!! E é tudo que tou com pressa! Beijinhos!!! Enviado por Tãnia em junho 6, 2004 04:02 PM

Concordo plenamente contigo. Em Inglaterra, onde vivi quase um ano, existia um supermercado aberto 24 h, onde, a partir das 18h trabalhavam reformados ou pessoas que se via que estavam lá por gosto. As lojas e centros comerciais fechavam todas às 16h, com a excepção das 5as que tinham as "long-hours" e estavam abertos até às ... 19h. Na minha opinião é uma forma das pessoas gastarem menos dinheiro e não sairem depois do jantar ao centro comercial e comprar coisas que não precisam. E os domingos de tarde sao para ir passear (na rua e não em lojas). Enviado por Mpiska em junho 11, 2004 06:20 PM