20 de junho de 2011

Rapidinhas de segunda (xxi)

Sábado, como de costume, levantou-se cedo, vestiu-se silenciosamente, bebeu café e até foi dar um passeio com o cão.
Em seguida, foi até à garagem e engatou o barco de pesca no seu Jeep.
De repente, começou a chover torrencialmente.
Havia até neve misturada com a chuva, ventos a mais de 80 km/h.
Ligou o rádio e ouviu que o tempo iria ser de frio e chuva durante todo aquele dia.
Voltou imediatamente para casa.

Silenciosamente, despiu-se e deslizou para baixo dos cobertores.
Afagou as costas da sua mulher e disse-lhe baixinho:
- O tempo lá fora está terrível.
Ela, ainda meio adormecida, respondeu:
- Acreditas que o cabrão do meu homem foi pescar com este tempo ?

6 comentários:

mlu disse...

Ups! Era dito e feito, hein! Depois queixam-se, uns e outros...

Um abraço!

pé-de-cereja disse...

Esta é das clássicas, mas tem sempre graça...

mixtu disse...

jajaja
diz-se que é das classicas mas nunca tal ouvi...

jajaj

abrazo serrano

mfc disse...

Tu tens o condão de me engasgares a rir!

pé-de-cereja disse...

Ei! Quando disse que era «das clássicas» não queria dizer que conhecesse esta história, queria só referir-me à fórmula, digamos assim.
O marido (mais raramente é a mulher na situação simétrica) que constata da pior maneira que está a ocupar o lugar de outro.

aflores disse...

Isto é que foi uma rapidinha :o) mas a gargalhada é longa :)))))))))))))))