7 de agosto de 2008

Há muitos anos,

numa noite de inverno, estavam os meus sogros na cama quando o meu sogro ouviu barulho e viu luz na cozinha.
Sem pensar, levantou-se e foi ver o que era.
Eram ladrões!
Ele pegou numa vassoura e gritou e os ladrões fugiram.
Teve sorte, porque deviam ser ainda uns aprendizes de ladrões e não estavam armados.

Depois é que veio o medo e durante alguns meses eles vieram viver cá para casa.
Nessa altura, e porque a profissão do meu sogro até o facilitava, ele conseguiu ter licença para ter uma arma.

Lembro-me que fiquei cheia de medo de ter uma coisa daquelas em casa!
E só descansei quando os meus sogros e mais a arma, voltaram a casa deles.

Vieram-me estas lembranças a propósito do assalto de hoje ao BES.
A mim bastava apontarem-me uma arma para eu morrer logo com o susto, nem era preciso gastarem nenhuma bala!
Por isso, para mim, pessoas que fazem um assalto com reféns não merecem piedade.
Sou contra a pena de morte, mas nestes casos não me incomodava nada que a polícia entrasse a matar.

11 comentários:

Shakti disse...

Eu penso que já é o desespero das pessoas...não se consegue encontrar outra razão lógica e plausível...


bjs

Saltapocinhas disse...

desespero shakti?
por desepero compreendo que uma pessoa roube no supermercado, não que assalte um banco com reféns!

ameixa seca disse...

E olha que a policia entrou a matar mesmo... um foi-se e o outra se não for atrás é muita sorte.
Não ganharam a lotaria e não têm pais ricos... foram ao BES ;)

Saltapocinhas disse...

já vi, tenho estado a seguir na tv.

foi muito bem feito, não tenho pena nenhuma!

G_ticopei disse...

E entraram mesmo...

Grilinha disse...

Um deles já cá não está para contar como foi.

O outro espero que fique em estado que o imposibilite de voltar a assaltar mais alguém.

Hands of Time disse...

Nada justifica a violencia contra pessoa inocentes (refens) e realmente por necessidade não se faz refens com arma apontada à cabeça de pessoas que nem conhece! Não tenho pena nenhuma!

Angel disse...

Acho q os ladrões fizeram td mal, desde o momento em q fizeram reféns - já se previa cm isto poderia acabar... Mais valia terem feito cm alguns - entrarem, exigirem o $ e fugirem. Ñ teriam posto vidas inocentes em risco e nem as suas próprias, pois um ñ ficou p contar as suas razões e o outro vamos lá ver cm acaba. É triste acontecerem situações destas, mas concordo com a atitude policial. Nem quero imaginar o q será se eu algum dia estiver num lugar onde entrem pessoas e me façam refém... Tal cm a Saltapocinhas, acho q morro de susto!

RESSACA ® disse...

Pedindo antecipadas desculpas pela “invasão” e alguma usurpação de espaço, gostaríamos de deixar o convite para uma visita a este Espaço que irá agitar as águas da Passividade Portuguesa...

José António disse...

Percebo que o pânico dificulte ver para além da emoção. Se ainda tivesse escolha, preferia ver os rapazes julgados pelos actos, que ter conhecimento do triste desfecho. Um desfecho provável, mas lamentável.
Saltapocinhas, tenta pensar neste facto: muitas das pessoas que tiveram uma arma apontada à cabeça, escaparam ilesas. A situação não é fácil e a vida não será mais a mesma, mas convém pensar para evitar morrer desnecessariamente. Quem aponta uma arma quer alguma coisa, por isso é que aponta e não dispara.

aflores disse...

Algo me diz que ainda vai aparecer algum advogado a exigir uma indemnização para a família, por agressividade excessiva dos elementos da autoridade :):)
Cá em casa, ninguém tem licença de porte de arma, nem de defesa nem de caça nem o diabo a quatro. No entanto, dois elementos da famelga praticam artes marciais (defesa pessoal) há muito anos, e já tiveram que em legítima defesa usar o que aprenderam (e muito bem). O engraçado, é que tiveram de seguida responder perante as autoridades, pois a "vítima" (um marginal que tentou efectuar um assalto ameaçando e fazendo uso de uma faca, e que acabou afinal por levar nas trombas), apresentou queixa na polícia :o) e como ninguém se ofereceu para testemunhar o que viu...foi um processo engraçado :)que dava um post muito interessante.