15 de janeiro de 2010

Ano Novo, vida (quase) nova

Há instantes deitei para a minha "caixa de papéis a reutilizar em algo mais útil" o que restava da documentação da avaliação de professores.
A pilha, aliás, nunca chegou bem a sair da pasta onde estava porque eu sempre achei que aquela aberrante ideia não poderia ir avante. Era má de mais para ser verdade.

Por isso, foi com muita alegria que deitei para o lixo (não deitei, porque respeito a Natureza) uma montanha de folhas com grelhas de preenchimento, pontuações, descrições, avaliações disto e daquilo, objectivos, metas, descritores, análises, grelhas, planos, evidências, actividades, princípios (des)orientadores, resultados, indicadores, orientações, competências...

Ufa!
Como diria o outro: deixem-me trabalhar!!

(ah, e ainda aproveito a pasta!)

3 comentários:

Xekim disse...

Olá Amiga.

Boa noite e bom fim de semana.
Aproveite e seja feliz.

Beijinhos.

mfc disse...

Um dia seremos um país a sério...

maria mar disse...

Devagar a coisa compõe-se, a notícia (a intençao eu percebo) que circulou pelos media a dizer que os sindicatos andam pelas escolas a convencer os profs da boa negociaçao que fizeram, é que nao cai bem. Enfim, os media sao sempre, em qq situaçao, o 1º poder e nao gostam de se ver relegados para outro plano.