29 de junho de 2010

Abate de escolas

Embora a ministra só tenha dado ordem para serem "abatidas" as escolas com menos de 20 alunos, há directores "mais papistas que o Papa" e que querem abater também escolas com mais de 30 por uma questão de " gerir os recursos" ou melhor, de poupar uns cobres ao Estado (não sei com que intenção, porque duvido que o Estado leve isso em consideração seja para o que for).

A minha escola (com 30 alunos matriculados) está nessa situação.
Este ano lectivo, que agora está a acabar, começou com uns dias de atraso porque a escola, depois de muitos anos em mau estado, entrou finalmente em obras!

Infelizmente, não é caso único: segundo notícia do jornal i de hoje, gastaram-se 3 milhões de euros em obras em escolas que estão para fechar (e só contabilizaram 19, mas são muitas mais).

Isto não é imoral?

3 comentários:

xunandinha disse...

Assim não vamos a lado nenhum,Beijinhos

bell disse...

Não houve planeamento a longo prazo. No meu agrupaento, uma escola que foi remodelada o ano passado, que ganhou uma biblioteca nova, está em risco de fechar. Desperdício de dinheiro.

Leci Irene disse...

Olha, aqui a palavra "Abate" usa-se para o caso de gado...
Por favor, lutem para que não fechem as escolas!!!!!! Eu até posso dizer que aqui, por falta de escolas em lugares onde encontram-se poucas crianças, as pessoas acabam de transformando em gado... aí, aí...