Bons propósitos

(imagem da internet)

Hoje, que o ano começa,
e para que comece bem,
vou fazer uma promessa
ao meu pai e à minha mãe.

E para não a esquecer
e que ninguém me desminta,
nesta folha de papel
aqui fica escrita a tinta.

Prometo solenemente
não brigar com o meu irmão,
repartir com toda a gente
brinquedos, bolos ou pão;

ter sempre tanto juízo
quer de dia, quer de noite,
que nunca há-de ser preciso
apanhar nenhum açoite.

Se assim fizer, hei-de ter
muitos amigos e amigas
porque a amizade se pega
mais que o sarampo e as bexigas.


(Maria Isabel de Mendonça Soares)

Comentários

azoriana disse…
Saltapocinhas, eu quando comecei a ler pensei com meus botões (querem ver que ela já faz quadras?! e que lindas, perfeitas...) Depois vejo a autoria e voltei a pensar: Porque a Saltapocinhas não tenta umas quadras aqui para a gente se regalar... ou vou ter que chamar algum representante do Governo?! ;) Sabes quem foram os representantes cá em casa para atribuição do prémio surpresa? Os meus filhotes (não achas os melhores do mundo? Eu acho e ficaram aprovados para outra: o prémio para a tua melhor quadra - vá, mãos à obra) Beijinhos
Cakau disse…
E porque estamos num novo ano, que ele te traga tudo aquilo que desejas...

Um beijinho doce e feliz 2006 *
123de4 disse…
Não é por nada.. Mas eu não vi nada escrito a tinta..:) Um óptimo ano para ti!
polittikus disse…
Belo poema. De facto espero mais uma vez q este ano seja melhor do q o anterior, mas já ando a perder a esperança...
Clitie disse…
Pega-se sim! Aqui pelo fábulas...

Bjks
gostei particularmente da última quadra, eh eh eh! =)
Cristina disse…
Olá Saltapocinhas,
Depois de uma longa viagem, cheguei hoje ao outro lado do oceano...Neste ínicio de ano novo, venho desejar-te uma boa semana e que 2006 seja um ano com muita felicidade
Beijinhusss
Freddy disse…
Querida Margarida, um beijinho grande de bom ano, da Zona Franca
Flor disse…
BOM Ano!!!!!
beijoka
Didas disse…
Oh carago, lia tanto isto quando era canuca!
E por acaso passou-me pela cabeça postá-lo mas já não o sabia todo de cor e não tinha onde o ir buscar. Que giro!
Anónimo disse…
Excellent, love it! » » »

Mensagens populares deste blogue

O vagalume e o sapo

O respeito

Fábula moderna