25 de abril de 2007

25 de Abril - Dia dos namorados

cravo.jpg

25 de Abril... de 1975


O dia estava lindo, quente e cheio de sol!
As pessoas andavam com um brilhozinho especial nos olhos: afinal era a primeira vez que se podia votar livremente!
Por volta das 3 da tarde fui levar o lanche ao meu pai, que estava numa assembleia de voto.
Como eram as primeiras eleições era tudo tão a rigor que as pessoas não saíam lá de dentro nem para comer...
O cuidado era tanto que não me deixaram entrar com o lanche: dei a um senhor que depois o foi entregar, frustando assim a minha tentativa de ver como eram as eleições por dentro...
No caminho de volta a casa encontrei o meu grupinho de amigas e resolvemos ir comer um gelado ao café onde costumávamos ir, no centro da vila.

Nisto passa um carro com um rapaz conhecido de uma delas.
Ele parou, ela apresentou o resto do grupo e fomos todos ao café.
Chegados lá, eu desisti do gelado e resolvi pedir uma Coca-Cola.
Gelado era coisa de crianças e eu, com os meus 15 aninhos, não queria parecer uma criança à frente do rapaz, que era mais velho.
(O que não teria nada de mais não fora o facto de eu não gostar de Coca-Cola!)

Ele trazia ao peito um enorme "pin" do PS, era lindo, charmoso, com um enorme sentido de humor (embora um bocadinho arrogante para o meu gosto, que estava habituada a lidar com "meninos" da minha idade).
Já era noite quando se foi embora, sem data marcada para voltar.
Voltou no 1.º de Maio e também nos encontrámos na rua e também fomos ao mesmo café... (não sei o que bebi, mas não foi Coca-Cola!)

E foi assim...
Desde esse dia nunca mais nos separámos.
Acho que posso acabar esta história como costumam acabar as de contos de fadas de que tanto gosto:
casaram, tiveram muitos meninos (dois, pronto, não pode ser tudo igualzinho) e... viveram felizes para sempre!

PS: por isso hoje é o meu "dia dos namorados" e não devo estar em casa pois pretendemos sair para festejar...

Este texto foi "repescado". Pensava eu que o tinha escrito no ano passado mas afinal já foi há 2 anos.
Percebeste agora Emiéle porque tinha de dar uma prenda especial ao Saltapocinhos??

10 comentários:

sonhadora disse...

Em Abril, cravos mil.
Beijinhos embrulhados em abraços

perola&granito disse...

Hoje ofereço-te um cravo vermelho.

Paula disse...

Muitos parabéns e muitos anos de vida conjunta. Um abraço

mixtu disse...

um lindo dia pois é feriado e vai daí têm sempre ese dia...

un abrazo e tudo de bom... o bueno

Carla Silva disse...

Parabéns aos "pombinhos".
Beijinhos.

Emiele disse...

Aaaaaah!
Pensei que seria aniversário mesmo, dos «vulgares», este é muito especial!
Um abraço para os dois. Realmente um belo dia para se conhecerem
(contas desse fervor em estarmos numa mesa de voto; a que distância isso vai, que hoje essas horas são pagas!!!)

IC disse...

então parabéns e feliz dia dos namorados.

Tuxa disse...

Muitos parabens, entao! Razoes duplamente felizes para celebrar!

aflores disse...

Bem me parecia que já tinha lido isto algures ;)

É caso para dizer: "Vinte e cinco de Abril sempre!!"

Saltapocinhas disse...

cc