19 de abril de 2007

Porque é que não me espanta nada que entre a gentalha nazi que foi presa estejam elementos de claques de equipas de futebol??
Ainda nenhuma autoridade terá reparado que essas "claques" não passam de bandos organizados que, não sei por que carga d'água, existem para aterrorizar (e até matar!) as pessoas que querem ir ver um jogo de futebol?

Será que é desta que vão ter a coragem de acabar com essa ralé?

7 comentários:

Movimento Pela Net Mais Barata disse...

vamos mas é dar atenção ao que realmente interessa, estas noticias são feitas a pensar em distrair-nos no que realmente interessa a nível politico e economico.
O país precisa é de pessoas que queiram pensar e trabalhar!
No nosso blog lutamos por uma internet a preços mais justos e de melhor qualidade.
Participem!

Carla Silva disse...

Em pequena, talvez com idade da minha filha mais nova - 3 anos - fui muitas vezes com o meu pai e o meu avô ao futebol e garanto-te que era um sítio seguro. Neste momento não levava a minha filha a um jogo de futebol - tornaram-se sitios pouco seguros e nada agradáveis.
Beijinhos e um bom fim-de-semana.

Didas disse...

Resposta: Não. Para isso era preciso uma desratização

José António disse...

Margarida... lamento. Os clubes vivem da irracionalidade.

Professora disse...

Há vezes penso que o futebol já perdeu o brilho de antigamente.
Bjs
Joaquina

Anónimo disse...

Joaquina pr'a prof fica-te muito mal essa "há vezes"

aflores disse...

Há muito que deixei de ver futebol e dar-lhe importância. O que me preocupa é o demasiado tempo de antena que se dá a essas claques e a essa malta de direita. É confuso esta fronteira entre a democracia e o direito de expressão. É óbvio que se digo morte ao fascismo, eles também terão o direito de dizer morte à Democracia. Ou não?