5 de maio de 2010

Solidariedade, sempre!

Solidária com a atitude de Inês de Medeiros, ao abdicar das viagens pagas, também eu abdico.
A partir de hoje, podem deixar de me pagar as viagens que faço para o meu local de trabalho...

Se todos os portugueses fossem solidários, como a Inês de Medeiros ou como eu, de certeza que isto andava para a frente!

5 comentários:

Gio disse...

A Inês de Medeiros não é a que tem residência oficial em França e cujas viagens até ao parlamento eram pagas por nós? Acho escandaloso é ela só abdicar agora.
Abraço

ameixa seca disse...

Tenho tanta pena dela :)

Angel disse...

A ti pagam-te as viagens?? Q sortuda.. Estou colocada pelo 2º ano em Coimbra e nunca ninguém me ajudou c as despesas de viagem, 5 dias por semana!!! Acho mt bem ela ter abdicado. A vida é feita de escolhas: se tem morada em França q trab lá, ou então q se mude p cá.

Manuela Santos disse...

Olá,
O que ela disse foi que nem pediu nada! A AR, é que parece que anda a nadar em fundos e dá tudo, são uns «bonzões»! Claro que não custa dar, quando o dinheiro é dos outros e são sempre os mesmos a pagar a factura!
Bjs e bom fim-de-semana,
Manuela

Olga disse...

Eu também sou solidária, é o meu marido que paga a gasolina, como ele é funcionário privado o dinheiro não vem de fundos públicos. rssssssssss.