2 de dezembro de 2004

Noticiário breve...

Alberto João Jardim diz que não entende a dissolução do parlamento...
E desde quando essa picareta falante entende seja o que for para além do seu umbigo?

Na TVI a locutora parece um clone da Manuela Moura Guedes: a mesma boca enorme, os mesmos tiques...
Fazem uma reportagem sobre casais que não querem ter filhos. Um casal brasileiro diz que é "porque chateiam e não dá para sair na sexta à noite". Será que nunca ninguém os avisou que as crianças crescem e depois os pais já podem sair? E se os pais deles tivessem pensado como eles?

No Parlamento Mota Amaral manda calar Bagão Felix por este ter usado a expressão "é preciso ter lata". Diz que não quer populismos... Será que ele é aristocrata e ninguém sabia?

Marcelo Rebelo de Sousa não comenta nada. Este homem só fala quando lhe pagam?

E entretanto, à volta do julgamento da Casa Pia o circo continua... Até quando?

13 comentários:

O Turista disse...

Faltou o:
"O pais e o mundo, até amanhã..."

Bjs e bom fds!!
O turista - www.turistar.blogspot.com

darkman disse...

ola. vivo na Finlandia ate Maio proximo, com uma paragem em Portugal pelo Natal;)*

polittikus disse...

De facto este país está uma verdadeira mer.. parece uma republica das bananas... PS- Picareta falante era a alcunha do Guterres... hehehehe

Didas disse...

E ele entende o umbigo? Como é que ele entende o umbigo se é um alien? Será que nasceu como toda a gente ou fizeram-lhe posteriormente uma plástica para ter umbigo?

lique disse...

A salta-pocinhas hoje acordou de mau humor e descarregou nos políticos de m.... deste país. E fez muito bem que já começamos todos a ficar mais que fartos! Beijinhos e bom fim de semana.

sonia disse...

e muito bem... picareta falante é genial... eheheh
beijinhos

Cleu Randall disse...

Passei aqui para lhe desejar um otimo final de semana!

Bju's

=*

JesusRocks disse...

O Marcelo é o único político com um pingo de consciência. Quando não há nada a dizer remete-se ao silêncio. E sobre a política portuguesa, há muitos, muitos anos que não há nada a dizer; temos aquilo que merecemos!

SaltaPocinhas disse...

@@ JESUSROCKS: Eu penso exactamente o contrário, qie há muito para ser dito, discutido e muito para mudar. Quanto ao "temos o que merecemos", fala por ti! Eu não fiz nada para merecer tal situação...

Anónimo disse...

E viste a brasileira a dizer que os cães são os filhotes dela?cá pra mim é instinto maternal recalcado,se calhar tem medo de dizer ao egoísta do marido que até gostava de ser mãe...sei lá.Eu compreendo que haja pessoas que não querem ter filhos,aliás se não os querem mais vale não terem,fazem muito bem mas aqueles dois...que raio de argumentos!
pekala

SaltaPocinhas disse...

@@ PEKALA: Eu acho muito bem que as pessoas façam o que lhes apetece e se não querem ter filhos têm tanto direito a isso como os que os querem ter... Aliás houve mais gente entrevistada e eu nem falei deles... O que me irritou naqueles dois foram mesmo os argumentos... (tecla 3, como dizem os putos!!)

antonio disse...

Belíssima(s) análise(s).
Definitivamente fan deste blog. Lá vai mais um para a lista.

Um abração do
Zecatelhado

JesusRocks disse...

Saltapocinhas: Eu não estava a falar por mim, enquanto indivíduo, mas enquanto cidadão de um país com uma taxa de abstenção vergonhosa, em qualquer eleição. Era a isso que me referia. Infelizmente, em sociedade pagam sempre os justos pelos pecadores. É o preço da democracia. Tens todo o direito em sentir-te revoltada.