4 de dezembro de 2004

Superioridades...

Não resisti a "roubar" isto à Maria Papoila! Fenomenal!

"O que aconteceu foi que eu estava em Belém na inauguração da maior arvore de Natal da Europa, sim repito da Europa, porque nós quando fazemos as coisas é em grande, e virei-me para um turista que lá estava e disse-lhe:
- Lá na tua terra não tens disto pois não? A maior da Europa, a MAIOR!
E o gajo vem com uma conversa: Não sei quê, no meu país preferimos gastar dinheiro em outras coisas, por exemplo a evitar que rebentem condutas de agua, que levam ao abatimento do solo, e dessa forma prejudiquem milhares de pessoas...mais não sei que mais e o camandro! E eu, que ate sou um gajo que é pá, tenho uma facilidade na exposição de argumentos, não me fiquei e disse-lhe logo:
- A maior da Europa! Toma! Embrulha!
E o gajo começa a falar que não sei quê, lá no país dele quando começa a chover as zonas ribeirinhas não ficam inundadas, e que talvez fosse melhor que, em vez da árvore, o dinheiro fosse canalizado para evitar essas situações.
Eu comecei a enervar-me e disse ao gajo:
- Mau, tu queres ver que nos temos que chatear! Eu estou aqui a expor argumentos que... é pá sim senhor, e tu vens com essa conversa de não sei quê. Eu nem quero começar a falar na feijoada em cima da ponte, nem no desfile de "pais natais", porque senão nem sabias onde te metias pá.
O gajo começa a falar de uma coisa qualquer, tipo túneis que são construídos e ficam a meio, e não sei que mais, e eu virei logo costas. Porque quando eu vejo estes gajos que não conseguem aceitar a superioridade de um país e ainda falam, falam... falam, falam... falam, falam... e não dizem nada de jeito, eu fico chateado, claro que fico chateado!!

Caso não saibam, o custo total da árvore nos dias em q vai estar "acesa", é de 1.000.000 de EUROS!!!! "

7 comentários:

bertus disse...

...sempre disse que este país para sair da cauda da europa apenas precisa de "muitas e maiores àrvores de natal"; e que pouco importa que elas "floresçam" até no carnaval e na páscoa!
Intés!!

polittikus disse...

De facto precisamos de muito mais para ser um apís da frente. Apesar do custo da árvore, ela é paga por patrocinadores... Já repararam na subtil mas eficaz publicidade em volta dela e em toda a zona????

Maria Papoila disse...

eheheheh :). Pois, nós somos muito bons :S bjs

MWoman disse...

Pois já tinha lido essa "preciosidade" e nem sei que te diga...beijitos, cachopa (e vê lá se deixas de "desencaminhar" bonecos de neve!hehe)

floreca disse...

Não te preocupes que de certeza ela se paga bem a ela própria... e dá lucro!!!

(A "desaparecida" apresentando-se... eheheh)

Anónimo disse...

A minha árvore (de natal) foi mais barata e já tem 20 anos :) falamos, falamos, falamos, mas...temos o que merecemos, ou não? aflores/ailaife blog

Anónimo disse...

Porque não vens ao meu jantar? Aproveitavas e antes ias conhecer esta célebre árvore. Que me disses? Lisboa não fica assim tão longe. Bjinhos, formiguinha****