23 de setembro de 2005

Os ciganos não querem trabalhar...

Tentava eu convencer um pai cigano das vantagens de deixar a filha continuar a estudar...
(ela tem 14 anos e está a repetir o 4.º ano, a pedido da mãe. Eu acedi ao pedido pois além dos pais não a deixarem seguir para o 2.º ciclo, ainda eram capazes de a casar. Assim, pelo menos tem direito a ser criança e a jogar ao ringue por mais um ano)
E lá estava eu a gastar o meu latim, patati patatá, dizendo que ela tem capacidades, e podia até vir a tirar um curso profissional e depois ter acesso a um bom emprego.
É aí que o pai me interrompe para dizer, rindo e como se fosse a coisa mais normal deste mundo e a anormal fosse eu:
"Mas os ciganos não querem trabalhar"

Toma e embrulha Margarida e vai aprendendo!
Lá vais ter tu de andar mais um ano com uma nota de 5 euros no bolso para evitar males maiores...
(isto é o meu grilo a falar...)

15 comentários:

Cristina disse...

Nem vale a pena tentares, sempre foram e serão assim
:)
tens que ter paciência, dou-te muito valor, não era capaz de ser professora
:)
fui ver os teus meninos, tens uns meninos lindos este ano, parabéns
:)
tem um óptimo fim de semana
beijinhu

Abelhinha disse...

Sem palavras!

Malu disse...

É nestas ocasiões que fico a pensar que são as minorias que se distanciam da realidade humana e depois ainda vêm dizer que são desprezados...

guevara disse...

porra lá p'ros gajos mazé!!!

Freddy disse...

Sem papas na língua...Toma lá q até deves ter andado de lado!

Beijito da Zona Franca

Leonoretta disse...

fiquei a saber isso mesmo o ano passado em chelas...
ai que saudades de chelas...

mas olha, este ano alem dos 18 que estao no 3º ano tenho 5 pintainhos no primeiro ano. derretem-me.

beijinhos da leonor

Kalinka disse...

Como trabalhei durante 7 anos num colégio tive contacto com algumas famílias de origem cigana e há de tudo um pouco, mas na generalidade é isso mesmo que eles dizem...para te dar uma ideia desta raça apenas pensei em deixar aqui algo mais sobre eles, pois está tudo explicado quanto aos conceitos deles:
O comando da família é exercido de maneira completa e responsável pelo homem. Ele é o líder e à ele competem a proteção, a segurança e o sustento da família. A mulher e os filhos o respeitam como máxima autoridade e lhe são inteiramente subordinados.
São os homens que resolvem as pendências, acertam o casamento dos filhos, decidem o destino da viagem e se reúnem em conselhos sobre assuntos abrangentes e comuns ao Clã.

As mulheres ciganas não trabalham fora do lar e quando vão às ruas para ler a sorte, esta tarefa é entendida como um cumprimento de tradições e não como parte do sustento da família, apesar de elas entregarem aos maridos todo o dinheiro conseguido.

Cabe às mulheres cuidarem das tarefas do lar e as meninas ficam sempre ao redor da mãe, auxiliando nos trabalhos da casa, ajudando a cuidar dos irmãos menores e aprendendo as tradições e costumes como a execução da dança, a leitura das cartas e das mãos, a realização dos rituais e cerimônias, os preceitos religiosos.
DEPOIS DISTO...para quê trabalhar ou estudar???
beijokas e bom fds.

m.l. disse...

é por isso que é impossível ima integração à força...
Nestas coisas temos de ir dançando conforme a música. Com o tempo acredito que vá havendo cada vez mais excepções.

Wakewinha disse...

Ele disse mesmo isso? Que cena... :-O

Então a miúda vai ou não continuar?

afigaro disse...

Por essas e por outras não sou professor. Agora que já me apeteceu bater em muitas minorias, já. Alguns elementos dessas, já recuaram á minha frente. É a única coisa boa que acolho na minha costela de ex-rânger, forçado.

António disse...

Agora já perdeste toda a vocação missionária que eventualmente tivesses.
ah ah ah
Jinhos

ivan (aka bandinho) disse...

é muito mau vermos qualquer minoria como um todo... acharmos que são todos iguais, pelo que vimos um indíviduo fazer...

mas...

eles n querem mesmo trabalhar... nem pagar impostos... e querem viver em barracas até que os meus impostos lhes paguem uma casita num bairro social...

sei q os "caucasianos" tb o fazem...

mas na etnia cigana, são poucos os que n seguem essa vida.. e depois queixam.se que nós generalizamos!!!

sei que no fundo, é uma atitude racista, perdoem-me. não consigo evitar. é do genero "todos diferentes, todos iguais, menos os ciganos... porque eles não querem ser iguais"

têm de haver uma aproximação de ambas as partes, e não me parece que no caso deles, eles a queiram. gostam de ser vistos tal como são.

perdoem-me a opinião.

Mocho Falante disse...

E quem diz a verdade não merce castigo...

Até podem não gostar de trabalhar, mas que têm uma vida dura isso é verdade

NASMarques disse...

Pois...

Eu quando andei no 1º cículo, também convivi com alguns ciganos e não eram assim tão "maus", quanto isso.

pipetobacco disse...

{ ... "Os ciganos não querem trabalhar..." - sem palavras! ... }