3 de maio de 2007

Discursos


Vinte minutos de discurso em todos os noticiários (dei-me à pachorra de verificar)!
E afinal o presidente da Câmara de Lisboa, se em vez do discurso do politicamente correcto dissesse apenas o que lhe vai na alma, teria demorado apenas uns segundos...

E o discurso seria mais ou menos assim:

"Mas que m***a!
Se o Isaltino-das-contas-na-suíça, a Fatinha-do-saco-azul e o Valentim-do-apito-dourado podem ser presidentes de Câmara, por que raio não hei-de eu poder?
Não me demito, prontos"

E assim teria evitado que todos os portugueses que não são lisboetas (e acreditem que somos muitos!) tivessem de gramar com tão longo discurso para dizer tão pouco.

9 comentários:

Hindy disse...

Só mesmo cá!

Beijinhos :o)

Tuxa disse...

Triste panorama, e ainda por cima ninguem se entende...

José António disse...

tuxa, o problema é que eles se entende muito bem.Os defensores da regionalização, se a defendessem por generosos motivos, bem podiam vir ajudar a explicar estas tramóias todas.Mas suspeito que vão ficar caladinhos que nem ratos.

T disse...

Por acaso pensei isso mesmo..Como era bem resumido aquele discurso..Risos.
E adorei a referência à extensa obra..Valha-me a Santa.
O Seu blog é muito interessante, gostei de o ler e aqui voltarei.

Professorinha disse...

Ai o homem não se demitiu?... Bem, afinal isto é Portugal. O que não se faz aqui não se faz em mais lado nenhum do mundo...

Beijinhos

PN disse...

Nem me dei ao trabalho de o ouvir... Ele bem palrava na televisão mas só liguei à parte final.

SaltaPocinhas disse...

obrigada T, pela visita e pelas palavras simpáticas.
Gostaria de te visitar mas não consegui entrar no teu blog!
bjs

aflores disse...

E quem te manda a ti, ver um discurso de 20 minutos?

SaltaPocinhas disse...

olha Flores, estava a dar em todos os noticiários.
Eu costumo ver as noticias das 20 e tb estava sempre à espera que aquilo fosse acabar a qualquer instante... :(