9 de julho de 2007

Quem são aqueles senhores?

Estão na televisão doze senhores a discutir.
E está uma senhora - sempre muito zangada - a mandá-los falar e a mandá-los calar (principalmente a mandar calar!)

Eu acho-os engraçados embora ainda não tenha percebido muito bem o que estão ali a fazer.
Parece-me que são construtores civis pois só falam em prédios e túneis e construir, construir...
Ops, agora um senhor com uma pêra esquisita está a dizer que eles vão bombardear a cidade e que é ele quem a vai salvar!
Afinal desisto, não sei quem são!

Aqui o Saltapocinhos está a chamar-me ignorante e a dizer que aqueles senhores são os candidatos à câmara, que vão a eleições e que só um pode ganhar.
Agora ainda fiquei a perceber menos!
Só um?
Pois se há bocado nas notícias diziam que era para as pessoas terem cuidado e andarem devagarinho que agora havia 21 câmaras em Lisboa!...
Eu, que até sou razoável a matemática, parece-me que a ser assim, ainda têm de arranjar mais 9 senhores!

Vou mudar de canal e ver a Vingança: pelo menos esses eu entedo!

7 comentários:

bell disse...

lol

Tens toda a razão. Tanta zanga para quê?! Ainda sobram câmaras! Venham mais uns poucos, chegam para todos!

E o país tem de aturar estas discussões porquê? Os candidatos às outras câmaras do país não vão para a TV degladiarem-se. Também tinham o mesmo direito.

SaltaPocinhas disse...

ó bell na minha terra não há câmaras, daah...

Emiele disse...

Eu simplesmente não vi.
Sei que começo a ficar irritada, e não vale a pena. De qualquer dos modos a minha escolha está feita, e desde há muito.

Rosarinho disse...

Quê? Não era o um contra todos?!

SaltaPocinhas disse...

ó rosarinho, agora que falas em concursos, se calhar é a herança!! por isso eles discutem tanto!!

emiele, eu só vi um bocadinho e sabes uma coisa?
ainda bem que não sou de lisboa porque acho que não votava em nenhum!!

Formiguinha disse...

também desisti ao fim de 10m!!!

PN disse...

Se há coisa com a qual não perdi o meu tempo foi com esse debate. Basta-me as reportagens dos telejornais para me rir um bocado das figurinhas tristes que esses senhores fazem.