12 de julho de 2007

Tenham vergonha!

O JN traz hoje mais dois casos de professores gravemente doentes e obrigados a trabalhar...

É uma vergonha, num país onde se dão reformas escandalosamente elevadas a gente que trabalhou meia dúzia de anos!!
E recusa-se um resto de vida com alguma dignidade a cidadãos que já trabalharam mais de trinta anos!

7 comentários:

Didas disse...

É o pessoal das juntas médicas que bebe na hora de serviço.

Formiguinha disse...

É claramente uma das situações em que o justo paga pelo pecador!!!

É mesmo uma vergonha nacional.

Emiele disse...

Didas, devem beber e ter «mau vinho»!

PN disse...

Vergonha é dizer pouco! A ser verdade o que ouvi relatar à professora entrevistada pela SIC, aqueles médicos mereciam ser castigados ou mesmo banidos pela ordem.

peciscas disse...

É uma vergonha.
Mas há muitos mais casos.
Na escola onde trabalhei, há um funcionário que sofreu tuberculoses,esteve internado montes de tempo, esteve à morte, tem um pacemaker e outras coisas e a junta médica também o mandou trabalhar.

Eskisito disse...

Por isso é que eu escolhi bem a profissão...cof cof cof

aflores disse...

Minha querida amiga: Concordo 100% com tudo que aqui li. No entanto, deixa-me acrescentar que não são só os Professores vítimas desta situação. Podia aqui falar de muitos casos de outros trabalhadores, vítimas de diversas "tragédias" (amputações, cancro, avc, entre outras), considerados aptos para o trabalho pelas famosas juntas médicas.