5 de maio de 2008

Ó p'ra mim a contribuir para o bem nacional!

"A retenção e desistência de alunos do Ensino Básico e Secundário custa mais de dois milhões de euros por dia aos portugueses. ", diz a senhora ministra ao Correio da Manhã.

Ora eu, preocupadíssima com os problemas financeiros deste país, resolvi dar o meu humilde contributo para esta causa de acabar com as retenções.

Por isso, no final deste ano, os meus alunos de etnia cigana vão todos transitar de ano, mesmo os que não sabem juntar duas letras, incluindo até o R, que tem mais faltas do que presenças...

Depois de muitos anos armada em parva a chumbar estes alunos - por achar uma injustiça para com os que trabalham estes passarem de ano - resolvi deixar de ser idiota!

Assim evito que andem no 1.º ciclo até aos 15 anos a torrarem-me a paciência e a chatear os mais pequenos, que andam na escola na idade normal, e ainda contribuo para a economia do país!

É só vantagens!
(demorei 10 anos a chegar a esta conclusão, mas mais vale tarde...)

9 comentários:

Ciranda disse...

Saltapocinhas,
passa-os todos, menina. Estou até disposta a deixar de preparar aulas, de corrigir testes. A bem dizer não vale a pena e ninguém nos paga os fins-de-semana fechadas em casa. Ou não ligues ao que eu digo, que hoje estou cansada.
beijo.

Angel disse...

Realmente... ainda hoje tive esta conversa com um 'aluno' (explicando) meu q vai fazer o exame de acesso à universidade p maiores de 23 anos. Somos mais ou menos da mm idade (30) e chegámos à conclusão q o governo ainda nos cai em cima por querermos ser justos e deixar meninos p trás, já p ñ falar na trabalheira q dá justificar uma retenção! Por isso, vamos contribuir p a poupança (=ignorância) neste país e passemo-los a todos!!!

Emiele disse...

Uma solução...
Mas como dás a entender, o que vão pensar os outros? Os que estudaram e sabem? Tens de inventar uma super-passagem.

Hands of Time disse...

lol, apoiado a 100%! Contribui! lol

Geoca disse...

É só para subsescrever o post. Tudo a contribuir para o bem estar das pessoas e do país.

ameixa seca disse...

É assim mesmo! E garanto que alguns dos Senhores Ministros conseguiram chegar onde estão através da solidariedade e contribuição de algumas professoras mais visionárias e dispostas a tudo pelo bem nacional.
Apoiado!

José António disse...

Decisão complicada, muito complicada. Afinal eles passam para onde e para fazer o quê? Haverá no teu agrupamento algum percurso alternativo compatível com a capacidade de realização desses miúdos? Se não há, nem vale a pena perder muito tempo com a decisão de passar ao não passar. É irrelevante.

Sónia Pessoa disse...

Passei por acaso, parabéns pelo espaço.

Espero que me visites:

http://oslivrosqueninguemquisdaraler.wordpress.com

http://tachospanelasecolheresdepau.wordpress.com

Um abraço,

Sónia Pessoa

Anónimo disse...

Já estou a ver os futuros politicos de Portugal, ministros das finanças, saúde, trabalho,etc, a dizerem uns para os outros: agora percebo porque é preciso estudar! O Engenheiro ???? Socrates era um grande burro.