29 de setembro de 2008

Um conselho de amiga


Li ontem - e também vi na televisão - que desde a meia noite de sábado o pessoal se acotovela nas FNAC por causa do Magalhães.
E custa 280 €!

Eu, que sou boazinha e querida, venho aqui deixar um bom conselho:
não façam isso!
Tenham um bocadinho de paciência e aguardem uns dias...
É que não tarda nada haverá "Magalhães" à venda em todas as feiras e mercados do país!
E com certeza bem mais baratos!!

28 de setembro de 2008

Uma fotografia por domingo (62)


Atouguia da Baleia, uma das terras preferidas da rainha D. Filipa de Lencastre, e onde ela possuía um castelo, prenda do marido.
Já não se fabricam maridos assim!

26 de setembro de 2008

Impressões sobre avaliação de professores (2)

A ministra sabe bem o que faz!!
Ela sabe que há professores que conseguem ser piores que ela, "professores" que nunca o foram - porque não sabiam ou não queriam lidar com crianças - e por isso tiveram durante a sua vida "profissional" milhentos destacamentos nas mais variadas actividades (tudo menos dar aulas!!!) e que agora foram promovidos a titulares...
Ela sabe que os sindicatos só existem para levar as cotas ao pessoal e para fazerem reuniões onde se discute muito e não se resolve nada...
Ela sabe que há pessoas a quem um qualquer vestígio de poder lhes sobe à cabeça, tornando-os nos mais mansos carneirinhos...

Já aqui tinha falado de avaliação, e prometi votar ao assunto.
O texto que se segue recebi-o por mail, como tendo sido publicado no blog de Paulo Guinote e mostra as constatações de um professor sobre o que se passa na sua escola:
(com algumas supressões)

«Professores que já realizaram planificações aula a aula até ao final do 1º período.

Professores que gastaram "uma pipa de massa" a comprar hardware e software didáctico. Vários professores compraram retroprojectores digitais.

Nas planificações utlização desmesurada das tecnologias de informação. Vai-se ao ponto de digitalizar textos de livros para apresentar as aulas em Power Point, o que é uma aberração.»

E agora pergunto eu:
E os alunos?
As nossas escolas vão tranformar-se em quê?

25 de setembro de 2008

Dá para entender?

Hoje na escola falava-se de datas de nascimento e do aniversário de cada um.
E também das formas de o festejar.
Vai daí, diz a P:
"eu não sei porquê, mas quando eu faço anos o meu pai traz um bolo e quando os meus irmãos fazem anos ele não traz nada".

Ela não sabe porquê, mas eu sei.
Quer dizer, sei explicar, mas não sei entender!
O pai dela não é o pai dos outros irmãos (um rapaz e uma rapariga).
Quando ele entrou para a família já a mulher tinha esses 2 filhos.
Mas eram bem novinhos (deviam ter à volta dos 3, 4 anos!), pelo que foram também criados por ele.

Algum(a) psi que explique isto, que eu não entendo!

23 de setembro de 2008

No dia em que começaram a distribuir computadores aos putos,

quero dizer aqui, para que todos fiquem a saber, que na minha escola não há um único computador!
Os computadores que havia (três), instalados pela Câmara no âmbito do Prodep, foram roubados em Dezembro de 2007 e nunca mais foram repostos.

Eu nem digo mais nada.
Não percebo estas prioridades, não percebo nada disto!!
Devo estar a ficar burra, é o que é!!

22 de setembro de 2008

Eu não me conformo!

(imagem daqui)

... não me conformo com as AEC.

... não me conformo com crianças de 5 anos a chorar, ao fim da tarde, com saudades da mãe.
Afinal, passar 9 horas numa escola não é normal.

... não me conformo com o facto de não ter tempo para ficar na minha sala a fazer calmamente o meu sumário, ou a organizar os meus tarecos no fim das aulas, pois começam logo a chegar os professores das AEC.

...não me conformo com ouvir dizer, às 5 da tarde a crianças que estão na escola desde as 8 ou 9, "vá lá, agora sentadinhos e calados"
Sentadinhos e calados??
Nem eu me atreveria a estar sentadinha e calada ao fim de tantas horas!!

... não me conformo ao ver crianças passarem na escola (em escolas degradadas e sem condições), mais tempo do que os pais passam nos seus empregos!

Eu não me conformo!
E não há ninguém com coragem para pôr cobro a isto??

21 de setembro de 2008

Uma fotografia por domingo (61)


Não sei como se chamo isto (se alguém souber pode e deve ajudar!)
Fica em Coimbra, na zona velha, perto da Torre do Prior do Ameal, mais conhecida por "Torre de Anto".

O sétimo selo


Um livro da autoria de José Rodrigues dos Santos, jornalista da RTP.
Um excelente livro, pleno de aventuras e viagens (muito viaja o Tomás de Noronha, balhamedeus!!).
Foca o problema do aquecimento global e os podres do negócio do petróleo e de como este negócio - o mais importante do mundo - condiciona a vida de todos nós.

Foca também, e de uma maneira muito realista (se calhar até demais), embora não seja esse o assunto principal do livro, os problemas dos velhos e da velhice.

Gostei imenso do livro (só não gostei muito dos diálogos...), por isso o recomendo.
Um livro a não perder!

19 de setembro de 2008

Desde Junho

deste ano que pedimos orçamentos em vários locais para fazer umas alterações às janelas e portadas cá de casa.
Os orçamentos (alguns) lá vão chegando, mas... mais nada!

Niguém pergunta se estamos interessados.
Aos que dizemos que sim, que estamos interessados, não aparecem para tirar medidas definitivas e contratar o trabalho.

País em crise??
Onde??

18 de setembro de 2008

Impressões sobre avaliação de professores (1)

As minhas dúvidas acerca deste tema são imensas e acredito que à maior parte delas ninguém saiba responder...

Vai daí, vou começar a publicá-las à medida que forem surgindo, para não escrever lençóis que ninguém lê e também para tentar ir obtendo respostas de quem o souber fazer!

Começo então por estas:

Conhecem alguma profissão onde os avaliadores não são superiores hierárquicos dos avaliados?

Conhecem alguma profissão onde os avaliadores ficam dispensados do seu trabalho normal, pelo menos durante um ano, para poderem avaliar??

17 de setembro de 2008

Em que é que ficamos?

Na televisão ouço, tanto a Ministra da Educação como o Primeiro Ministro, dizerem que este ano é o ano em que mais alunos irão ser subsidiados.

Não sei de que país estarão a falar!

Na minha escola nunca houve tão poucos subsídios atribuídos e tantos subsídios recusados, mesmo a crianças que dela costumam beneficiar!!

15 de setembro de 2008

A prova!

Na semana passada o pessoal do governo gabava-se da redução na quantidade de chumbos.
Mas como ainda não estão satisfeitos com esses resultados, há que melhorá-los!

Mas como?
Pensaram, pensaram, e acharam!
Então é assim:
SE as criancinhas se baldarem às aulas, nem assim chumbam (lá se iam os belos resultados das estatísticas)!!!
Nesse caso, os malandros dos professores terão de fazer uma prova "de recuperação" para a criancinha faltosa.
"De recuperação", como o nome indica, quer dizer que o aluno deve poder recuperar...
Para que não haja dúvidas, o senhor director que escreveu este ofício, não se esquece de recomendar:
"a prova de recuperação deve ser encarada como medida de responsabilização dos deveres inerentes ao direito à educação e não como uma medida estritamente punitiva"

Direito à educação???
Mas que raio de direito à educação quer ter um aluno que falta sistematicamente às aulas??

Mas a humilhação final aos professores está no ponto 3.
Deixo aqui o documento em causa, não vão pensar que eu fiquei tola de vez e que me deu para delirar...



(tinha escrito aqui mais uma série de frases, e apaguei e reescrevi...
Mas vou deixar assim sem mais comentários
É que tenho os meus alunos à minha espera, eles não têm culpa de nada e eu estou velha demais para procurar outro emprego...
Se bem que esta do "outro emprego" às vezes me passa pela cabeça)

14 de setembro de 2008

Uma fotografia por domingo (60)

E pronto, infelizmente o tempo do pé descalço e sujo de areia acabou, sniiiiifff!!
__________________________

e porque tristezas não pagam dívidas, uma anedota também!

Vai o Capuchinho Vermelho no meio da floresta...
aparece o lobo e diz:
-Vou-te comer uma coisa que nunca ninguém te comeu...
Responde o Capuchinho Vermelho:
- Só se for o cesto!!!

13 de setembro de 2008

Aquela criatura

que dá pelo nome de José Castelo Branco, confessou uma tarde destas na televisão, que tinha tirado gordura do rabo para pôr na cara!!

Agora se compreende por que motivo a dita cuja criatura tem cara de cú!

12 de setembro de 2008

Coisa feia!!

Não sei pormrenores acreca da notícia, pois so vi na TV em rodapé e nem falaram do assunto durante o telejornal.


Dizia qualquer coisa do género "LIDL castigado por espiar empregados".
Ai espiar os empregados dá direito a castigo?

Assim sendo, a minha querida ministra que se prepare...
Pois não é o que ela pretende fazer aos professores?
Pôr uns professores a espiar os outros?

11 de setembro de 2008

Que idade tem o teu cérebro?

É melhor não escrever hoje (pelo menos por agora!) o que me vai na alma...
Não ia sair nada em condições ou então poderia dizer coisas de que me arrependeria mais tarde.

Entretanto, recebi por mail este jogo, que é mesmo muito interessante.
Dentro da página há muito mais jogos, só é pena o site ser chinês (?) e não entendermos patavina!

Cliquem AQUI e divirtam-se!

10 de setembro de 2008

Menos chumbos, melhoria nas aprendizagens?

Não, certamente que não!

Acerca deste assunto das retenções, a minha alma balança...
Reter uma criança anos a fio não é bom para ninguém, principalmente para a criança.
Aquelas crianças que não conseguem aprendem a ler nos 2 primeiros anos de escolaridade, é porque têm graves problemas de aprendizagem, e portanto não adiantará de muito ficarem retidos eternamente no 1.º ciclo.

Será com certeza mais vantajoso para esse tipo de alunos irem evoluindo nos anos de escolaridade para poderem transitar ao 2.º ciclo. Claro que não poderão frequentar uma turma com um programa normal.
E é aqui que se devia investir em actividades variadas para este tipo de crianças, pois nas escolas de 2.º e 3.º ciclos há muito mais recursos, quer humanos quer materiais.

Ultimamente esta filosofia de deixar os alunos irem transitando de ano mesmo sem terem atingido os objectivos do ano em que estão, tem sido amplamente utilizada.

Donde, estes resultados de que a ministra tanto gostou, não representam uma "melhoria" no ensino, mas sim uma mudança na atitude dos professores.
Será melhor assim do que estava antes?
Eu creio que sim, mas de qualquer maneira - e por si só - não deve ser motivo de orgulho para ninguém.

9 de setembro de 2008

A sacana da PDI já anda por cá a fazer das suas!!

Não sei o que se passa, mas ultimamente as letras de todos os livros, de todas as revistas, de todos os livrinhos de instruções, o que for, deram para encolher!!

Eram todas normalzinhas até há uns tempos atrás e, de repente, encolheram, encolheram, e até se encavalitaram umas nas outras!

Ao princípio bastava-me esticar os braços e afastar um bocadinho o livro para as danadinhas ficarem legíveis.
Mas com o passar do tempo (ou será que os braços minguaram?), isso também deixou de funcionar!

Estava a ficar bastante preocupada com esta situação até que alguém me disse que um oftalmologista ou optometrista me resolveria o problema! E assim foi!

Com este lindo artefacto que aqui apresento, lá voltaram as letrinhas todas a desencavalitar!!


8 de setembro de 2008

A verdade da mentira?

Apesar de não ser meu hábito ler este género de livros, muito menos comprá-los, desta vez abri uma excepção e nestas férias comprei e li o livro do Gonçalo Amaral, "A verdade da mentira".
Gostei do livro: acessível, bem escrito, interessante e nada especulativo.
Nem ia falar do assunto se não fosse o agora mostrado vídeo da busca dos cães pisteiros.
Agiram tal e qual como é contado no livro, donde presumo que todo o livro seja um trabalho honesto.

Já o que o casal McCann diz (segundo o Expresso) acerca de Gonçalo Amaral ("Gonçalo Amaral é uma vergonha") é completamente despropositado.
Falar assim de uma pessoa que fez tudo o que estava ao seu alcance para lhes encontrar a filha (que eles deixaram sozinha em casa para irem jantar!!) não me parece uma atitude correcta de pessoas de bem, que deveriam acima de tudo, querer encontrar a filha!

7 de setembro de 2008

Uma fotografia por domingo (59)

No dia dos meus anos fui almoçar ao meu restaurante preferido: o "Estrela do Mar".

A comida é boa (peçam uma espetada de peixe ou uma açorda de marisco!), mas o que eu adoro mesmo é a paisagem.
Fica numa das terras mais lindas do nosso país - S. Pedro de Moel - e fica mesmo, mesmo sobre o mar!
Desta vez a maré estava baixa, pelo que não deu para assistir ao espectáculo que é ter o mar a bater ali com toda a força nas rochas onde o restaurante está pendurado e ver os salpicos na janela!

Fica para a próxima, que não vai tardar muito!



Fica a foto para aguçar o apetite a quem ainda não conhece!

5 de setembro de 2008

O S. Pedro

está a ser um querido...
Farta de andar por aí de mangueira na mão, esta chuvinha veio mesmo a calhar!

Mas já chega, já está tudo regadinho, e, pensando melhor, andar por aí de mangueira na mão até nem é desagradável de todo!
Que volte o sol!

4 de setembro de 2008

Quero agradcer

imenso a todos os que passaram por aqui para me dar os parabéns.
É por estas e por outras que os blogs valem a pena.
Obrigada!

__________________________________

Ainda não vi lá muito bem, mas parece que um hipermercado (creio que o Modelo) está a fazer material escolar com a cara do Cristiano Ronaldo.
Não me parece grande ideia.
Senão vejamos: os putos vão querer ser todos como o ídolo da bola...
E, se forem espertos, vão chegar à conclusão de que devem fazer tudo na vida, menos estudar!!

3 de setembro de 2008

Parabéns a mim!!

Vá lá, podem servir-se duma fatia deste lindo bolo...
E depois, não se esqueçam de me dar os parabéns!!


(bolo do blog Magia do Açúcar, embora eu ache que quem tem magia é quem faz bolos assim!!)

1 de setembro de 2008

A vergonha dos concursos de professores (parte 2.947.392.674.836)

Durante a quase totalidade da minha vida profissional (mais precisamente 24 anos), vivi todos os anos, por esta altura, a angústia dos concursos.
Embora nos últimos 7 ou 8 anos tenha deixado de existir o medo de "ir para longe", continuava a angústia de me despedir dos alunos, em Junho, e não saber se os iria reencontrar em Setembro.
Esta situação é horrível, cria ansiedades que não são nada saudáveis e que perduram, mesmo quando já não se justificam.

Será que nunca vai haver um ministério da educação que saiba fazer contas?
E que pensem assim "há x alunos agrupados em x turmas, portanto vamos precisar de x professores"?
E colocá-los atempadamente, e o mais possível perto das suas residências?
(no ano lectivo que acabou conhecia uma professora de Viseu colocada em Aveiro e uma professora de Aveiro colocada em Viseu!!)

E ainda, para precaver substituições temporárias, colocar alguns professores em cada agrupamento?
(e que quando não estivessem a substituir, podiam apoiar os alunos que deles necessitassem?)

E ter a coragem política de suspender os cursos de formação de professores?

Enfim, nesta altura do ano sinto pena de todos aqueles que estão agora a passar por aquilo que já passei e que não desejo a ninguém!
Com a agravante de haver agora muitos professores contratados, quando antigamente ficávamos logo afectos ao ministério e com direito ao ordenado no fim do mês.

Depois aparece o senhor presidente, muito espantado porque nascem poucas crianças!!!
Quem se arrisca a ter filhos quando não sabe nunca se tem emprego e, no caso de o ter, sem saber onde irá parar e ainda, nesse caso, se o ordenado chega para pagar as deslocações!!