10 de setembro de 2008

Menos chumbos, melhoria nas aprendizagens?

Não, certamente que não!

Acerca deste assunto das retenções, a minha alma balança...
Reter uma criança anos a fio não é bom para ninguém, principalmente para a criança.
Aquelas crianças que não conseguem aprendem a ler nos 2 primeiros anos de escolaridade, é porque têm graves problemas de aprendizagem, e portanto não adiantará de muito ficarem retidos eternamente no 1.º ciclo.

Será com certeza mais vantajoso para esse tipo de alunos irem evoluindo nos anos de escolaridade para poderem transitar ao 2.º ciclo. Claro que não poderão frequentar uma turma com um programa normal.
E é aqui que se devia investir em actividades variadas para este tipo de crianças, pois nas escolas de 2.º e 3.º ciclos há muito mais recursos, quer humanos quer materiais.

Ultimamente esta filosofia de deixar os alunos irem transitando de ano mesmo sem terem atingido os objectivos do ano em que estão, tem sido amplamente utilizada.

Donde, estes resultados de que a ministra tanto gostou, não representam uma "melhoria" no ensino, mas sim uma mudança na atitude dos professores.
Será melhor assim do que estava antes?
Eu creio que sim, mas de qualquer maneira - e por si só - não deve ser motivo de orgulho para ninguém.

8 comentários:

O Micróbio II disse...

"Será melhor assim do que estava antes?
Eu creio que sim, mas de qualquer maneira - e por si só - não deve ser motivo de orgulho para ninguém."...????

Repete lá, porque devo ter percebido mal!

Saltapocinhas disse...

eu explico melhor:
se estiveres cheio de febre e tomares uma aspirina, passa-te a febre, sentes-te melhor mas o motivo que a provocou continua lá, não estás curado!
aqui é mais ou menos o mesmo: os resultados parecem melhores, mas na realidade os problemas da educação não se curaram!
no entanto acho esta medida positiva para a maioria das crianças.

espero que agora me tenha explicado melhor! :)

Angel disse...

Eu continuo a ser um pouco céptica, principalmente pq mts dos miudos q passam às xs ñ é por ñ conseguirem aprender mas pq ñ se empenham. E ñ é nada justo p akeles q se esforçam por acompanhar as matérias e fazer td direitinho e passam tds no mm 'saco'...

Saltapocinhas disse...

angel:
eu refiro-me apenas ao que conheço bem, o 1.º ciclo.
e garanto-te que uma criança que em 2 anos não aprendeu a ler, nunca na vida vai estar ao mesmo nível que os que referes que se esforçam. não serão estes que vão disputar vagas na universidade nem os bons empregos...

Didas disse...

O sistema educativo está a precisar de ser repensado de forma radical. E não é cá. É em todo o mundo ocidental dito democrático. Se calhar partiu-se de pressupostos muito bonitos mas pouco exequíveis.

Shakti disse...

Eu já disse num blog de um colega ...este governo quer fazer da palavra educação um sinonimo de estatística ...infelizmente !!

bjs

Leonor disse...

ola guida.
mas quem sabe destas coisas das dificuldades de aprendizagem sao os professores. quem nao sabe porque nao lida com o problema pensará sempre que a criança chumba porque o professor nao sabe ensinar.
beijinhos

Pedro disse...

Se há problemas de aprendizagem que se criem turmas mais pequenas e se permita que mais do que um docente apoie os alunos mais fracos. A co-docência deveria ser uma prioridade para as turmas mais fracas.
Fazer de conta que sabem a passá-los "por favor" é que não...
Abraço