21 de fevereiro de 2009

Acreditem se quiserem puderem...

«A Direcção Regional de Educação do Norte (DREN) contrariou hoje uma decisão do Conselho Pedagógico do Agrupamento de Escolas de Paredes de Coura – que decidira fazer a festa de carnaval dentro do estabelecimento – e ordenou ao Conselho Executivo que convoque os professores para fazerem o desfile pelas ruas, amanhã à tarde.»

Público, 19/02/09

Isto é tão grave, mas tão grave, que não pode ser verdade!!
Pior ainda que um governo com laivos de ditadura, só os seus inenerráveis lacaios, como este "
senhor"e a senhora que envia disto para as escolas:


(que raio de português é este??)

12 comentários:

José Manuel Dias disse...

A actividade não constava do PAA? E atarefados não andamos todos?

Shakti disse...

Eu vi a noticia na tv hoje de manhã...fiquei estupefacta...não vale a pena ...

bj

Didas disse...

Parte 1: Toda a gente percebeu que os profes usaram os miúdos e a decepção que lhes causaram para embirrar mais uma vez com o ministério. Se eu fosse mãe dum deles também estaria lixada. Como muito bem diz o José Manuel Dias, muito trabalho temos todos, mas os professores é que pensam que são só eles.
Parte 2: o português está, de facto, uma merda. Quem escreveu aquilo devia limpar as mãos à parede.

mfc disse...

Tá tudo doido!

Saltapocinhas disse...

como diz o José Manuel, existe um PAA e lé estão previstas actividades. Mas não há nada na lei que obrigue a que sejam todas cumpridas!
(e José Manuel, normalmente ningué se queixa de andar atarefado se as tarefas fazem parte das nossas obrigações)
Por exemplo se chovesse torencialmente e estivesse escrito no PAA teria de haver desfile??

Mas o que está aqui em causa, Didas é a prepotência de uma mulher que se julga dona dos professores!! Se este governo fosse a sério ela seria demitida no mesmo dia!!
NINGUÉM pode obrigar os professores a desfilarem no carnaval porque isso não faz parete das nossas obrigações!!

Lucinda disse...

De tudo o que li só percebi três coisas:
1. A malta do ministério tem razão para odiar os professores, a avaliar a forma como escrevem;
2.Agora,os professores até têm de facultar os divertimentos aos meninos, eu pensei que só tinham de ensinar;
3. Ser privado de participar num desfile é tão triste como ser privado de alimentos uma semana.

Coitadinhos dos meninos!Os professores são mesmo maus! Se com os pais dá resultado espernear e chorar, é fazer o mesmo com os professores.
Uma questão? E se os professores forem de uma religião que não lhes permita folias carnavalescas?
dê resultado.

Saltapocinhas disse...

lucinda:
não foram os professores que escreveram, foi a dona directora!

maria mar disse...

É a esquisofrenia do poder, transformada em prepotência "mal amanhada", numa folha A4!!!
Está a ser transversal! agora até já aproveitam os restos do "lapis azul" do Estado Novo para tambem(!) censurarem o carnaval!...

Anónimo disse...

Pior que o soneto, a emenda. Espreita a emenda no meu blog.

entremares disse...

Estou estupefacto...

Anónimo disse...

Exactamente como refere a Saltapocinhas, o facto de estar no PAA implicará um dever moral, mas não significa que tenha de ser cumprido. Quando o Director avalia o envolvimento do prof nas actividades que decorrem do PPA, avaliará conforme a prestação. Nem só de Carnaval vive a Escola. Ou viverá?

José António disse...

O Anónimo que teima em sair anónimo sou eu e aproveito para acrescentar que sempre me pareceu um exagero os PAA que pos aí se fazem: ele é o dia do animal, do pai, da árvore, do não fumador, da mulher... Esses PAA são panfletos de propaganda política que as Escolas andam a papar e não passam de uma grande mentira.