17 de dezembro de 2007

A minha alma está parva...

O rádio (telefonia para os alfacinhas entenderem) que tenho aqui no "escritório" está normalmente sintonizado na RFM.
Mas hoje deu-lhe um peripaque e só fazia barulhos.

Vai daí, e distraidamente, carrego no comando e mudo de estação.
Passado um bocado presto atenção porque me pareceu ouvir alguém chorar.
E era mesmo.
Era uma mulher a chorar porque alguém (acho que não era ela) tinha tido um acidente e tinha-se divorciado e por isso precisava de um carro novo!

Arrebitei as orelhas para ouvir o impensável: uma espécie de concurso onde quem contar a história mais desgraçada ganhará... um carro!!
Pelos vistos até há um júri para decidir da história mais triste...

Ah, a estação de rádio era o Rádio Clube de Aveiro.

(e agora vou continuar as avaliações senão quem telefona a chorar para a rádio sou eu!!)

3 comentários:

Formiguinha disse...

Que raio de coisa mais parva!

José António disse...

É mesmo um sintoma de que a rádio está quase a ir desta para melhor (ou será pior?).

GAIA disse...

telefonia?????
eu sou de cá e sempre disse rádio. telefonia não é um termo típico do sul, mas sim das pessoas de mais idade, tipo os meus avós que já faleceram. pelo menos é a ideia que eu tenho.