21 de dezembro de 2007

Planos de Recuperação...


... para que servem?
(se alguém me souber explicar, agradeço imenso!!)

Entretanto estou para aqui atolada numa tarefa inglória (e anti-ecológica: já alguém pensou nas árvores que se abatem para este gasto inútil de papel?) de escrever para mim própria que o aluno A, B e C precisam de apoio acrescido (do meu, é claro), e precisam de apoio em casa e bla bla bla...

É que se eu não escrevo estas coisas a mim própria ainda sou capaz de me esquecer e deixar as criancinhas lá num canto da sala!

Ó balhamedeus, agora que é quase Natal, não haverá nenhuma alma iluminada que constate que os PR não servem para nada e que acabe com este desperdício??
Ufa!

9 comentários:

José António disse...

Tens toda a razão. Toda a gente sabe que não servem para nada e, para servirem, jamais deveriam ser feitos nesta altura do ano. Pegando na Lei e articulando o que sobre isso está escrito, facilmente se percebe que deveriam ser feitos no final do ano lectivo. Sendo agora, vão atirar para os executivos uma responsabilidade a que não vão concerteza atender. Repara, tens um menino para o qual propões uma série de medidas. Essas medidas implicam necessariamente afectação de recursos. Acreditas que agora o executivo vai refazer horários por causa de umas resmas de papéis? Não vai! Deixa lá, o importante é que treinaste a escrita. Aqui no Algarve essas coisas estão facilitadas. Está tudo catalogado. Se perguntares por uma grelha para besugos, já ninguém confunde com uma grela para salmonete. Bom Natal!

Professorinha disse...

Os planos de recuperação servem para a ministra dizer que graças à brilhante ideia que ela teve, os professores começaram a trabalhar para fazer com que os meninos passem!...

Feliz Natal!...

Beijos

nandokas disse...

Olá SaltaPocinhas,
Não sei dar resposta à tua questão [por não estar inserido no ensino].
Mas sei ao que vim.
E, por isso, aqui te deixo um
Beijinho
[com]
FELIZ NATAL e BOM ANO 2008

Emiele disse...

Como disse o José António, parece lógico que não é esta a altura para os fazer. Ou então, depois de terem sido feitos no final do ano, agora avaliar-se-ia os seus resultados para uns ajustes. E mesmo assim implica sempre mobilizar recursos.

(viste a última Visão? numa grelha estranhíssima, entre "os" que ficam lembrados e "os" que não ficam e ainda "os" que ficam pelos bons motivos e "os" que ficam pelos maus motivos coloca a vossa ministra entre os que ficam lembrados pelos bons motovos!!!!Não sei com quem andaram a falar!)

Nilson Barcelli disse...

Se não servem para nada será porque os professores não conseguem fazer melhor?
Balhamedeus... eheheheh... queu num percebo os profs...
Um Feliz Natal e um óptimo 2008, para ti e para a tua família.
Beijinhos.

José Gomes disse...

Margarida,
Esta coisa do ensino é cá uma dor de cabeça... mas é o país que temos!

Mas como estamos porta a porta com o Natal, deixo-te com...

Esta mensagem não é para aqueles de quem me lembrei, mas para aqueles que pretendo NUNCA esquecer!
Um NATAL cheio de PAZ e muita SAÚDE!


Boas Festas e um abraço muito especial.

José Gomes

M.P. disse...

Venho deixar os votos de um bom Natal e desejos que o Ano Novo chegue carregadinho de coisas boas e que possam ser gozadas com Paz e boa saúde. Beijinhos

Grilinha disse...

Um Santo e Feliz Natal
.....*
....***
...*****
..*******
.....|
.....|

Formiguinha disse...

Só posso concordar!!!

Apetece passar os putos todos à primeira.

Bêjos