12 de novembro de 2005

Uma tarde para (não) esquecer

Hoje fui almoçar à Figueira da Foz.
Depois do almoço fomos dar uma volta pela marginal.

A Figueira da Foz por volta das 13 horas...

Já tínhamos andado bastante e deixado os carros a uma distância bem razoável quando começou a chover.
Resolvemos esperar que melhorasse, só que cada vez o tempo ficava pior.
De chuvinha passou a chuvada, de chuvada a dilúvio.
Abrigámo-nos primeiro debaixo do telheiro de um prédio, depois numa quase aberta andámos mais um bocado até termos de nos abrigar novamente, já na marginal.
Aí já não era só chuva, era também aquele ventinho típico das nossas praias... Brrrrr....


À hora do dilúvio...

Enregelados e cansados de esperar lá foram os cavalheiros numa corrida buscar os carros para socorrer as damas (às vezes estas atitudes machistas dão cá um jeitão!!)


E a isto chamo eu uma tarde inesquecível!
(porque se tivesse sido tudo perfeito nunca mais a íamos recordar com a mesma intensidade!)
Atchim!

12 comentários:

eco de mim disse...

eu chamo-lhe "a magia dos passeios de Inverno"! =)

já agr... ouve lá, esse "Atchim!" aí no final ñ tem nada a ver c o WC Pato, pois ñ?!!! vá de retro!

AJFF disse...

Que aventura!!!

Mas foi uma atitudes machista ou cavalheira?

afigaro disse...

A Figueira da Foz tem sempre surpresas!...e caminhar faz bem, desde que haja o agasalho necessário.

PN disse...

Há uma frase que alguém me disse há relativamente pouco tempo e que se aplica um pouco ao que aqui disseste: se tivesse corrido tudo bem, não havia histórias para contar.

Formiguinha disse...

Até fiquei com frio só de ler. Que tarde tão boa.... nhecs!

ML disse...

Vários pontos:
a) Olha que nesta altura do ano ir passear a uma praia dessa região... não estavas à espera de ir ir lá tomar banho, pois não? :)
b) As fotos estão sensacionais!!! Não tinha ainda reparado neste teu talento. E eu cheia de inveja, que quando quero uma foto tenho de ir a um motor de busca...
c) Neste caso não concordo com o PN. Ainda hoje deixei um post no meu blog, de uma situação que correu muito bem. E é a segunda vez que corre muito bem. Talvez que o que não dê para contar seja o "morno", quando "não é carne nem peixe".

Kalinka disse...

Sei que ando afastada do teu blog e de todos os outros por problemas na minha vida, no entanto, hoje decidi que tinha que dar uma volta por todos os blogs dos meus amigos/as e cá estou.
Tive que andar um pouco para trás na leitura dos posts, pois estou desactualizada, e gostei do que li.

Sobre este post, é sempre agradável ver imagens da Figueira da Foz, cidade bonita à espera de uma visita minha, mas agora só para a Primavera, não penso ir no Inverno...
e, deste modo fico a aguardar que tb visites o «meu cantinho» e deixes por lá umas palavrinhas, combinado?
Beijokas.

mfc disse...

Eheheheheh... toda encharcadinha!
Sempre era melhor teres dado 2 euros e teres ido ver aquela magnífica exposição de móveis!!!!!
(Uiiiii que a resposta vai ser linda!!)

Anónimo disse...

o k diz foi bem verdade...xuva,vento...botas k magoam os pés...faz tdo parte de um dia k s pode dizer para nao eskecer..eu tava lá e posso confirmar..=) 1 bjo diana
(n pude deixar d vir visitar o seu blog, a curiosidade fala mais alto...entretanto gostei d k li...)

AnaCristina disse...

À conta de uma atitude cavalheiresca dessas, face à mana mais nova e ao seu novo namorado sem carta, também apenhei uma senhora gripe...
As melhoras...
Um beijo grande

Abelhinha disse...

Ora nem mais... se tivesse tudo corrido às mil maravilhas tinha sido apenas mais um passeio.

Cristina disse...

Olá!!!
Adorei ver a praia da Figueira! Mesmo com chuva...Eu chamo a isso mesmo uma tarde inesquécivel, a Figueira é tudo isso e mais
:)
Beijinhuuuuu