30 de dezembro de 2006

Assassínios...

Uma bebé de dois anos assassinada pela mãe...
Um ditador assassinado em nome da democracia...
Seis pescadores assassinados por falta (?) de meios de socorro...
Cinco pessoas assassinadas nas estradas...

Isto já era trágico se fosse o balanço do ano!...
Infelizmente não é...
É apenas o balanço dos últimos dois dias!

Estaremos no 3.º milénio ou na Idade Média?

10 comentários:

Anónimo disse...

È nosso Século XXI ...

______0___o__o__o0_0__o_o__0
_____0___o__o_o__0_0__o___o__0
____0_o___o___o__0_0___o___o__0
____00o0000o00o0o0_0o00o00oo0oo0
___o00o0o00000o000_00o0o00o0o00o0
___00000o000o000o0_000o000o0000o0
___0o00oo00o0o00o0__0000o0o0o00o00
___0o0o00000o00o0___000o0o0o0o0o00
____0o0o0000o0o0_____000o0o00o00o0
_____0000o0000________ 00o000o000
______0000000___________0000000
________00__________________00
_______00____________________00
______00______________________00
_____00_______TIM_TIM__________00
____00___FELIZ 2007______ _____ ___00
_000000________________________000000

"Quem teve a idéia de cortar o tempo em fatias, a que se deu o nome de ano, foi um individuo genial.

Industrializou a esperança, fazendo-a funcionar no limite da exaustão.

Doze meses dão para qualquer ser humano se cansar e entregar os pontos.

Aí entra o milagre da renovação e tudo começa outra vez, com outro
número e outra vontade de

Acreditar que daqui para frente... tudo vai ser diferente ...!"

Carlos Drummond de Andrade

Um 2007 repleto de coisas boas ...
São os votos da Matilde e Cª!

Anónimo disse...

que o melhor do teu passado seja o pior do teu futuro ;)
feliz 2007!!!
bjokas da anokas ;)
ps: não penses nas desgraças... pensa nas alegrias que estão para vir ;)

TINTA PERMANENTE disse...

Gritos de (justiça) alma no derradeiro instante do ano. Crueza que germina dúvida na Esperança que queremos para Amanhã.
Devemos Acreditar.
afectuosamente

mas nunca cale a voz

Anónimo disse...

O melhor é esquecer a possibilidade de um optimista ser potencialmente um pessimista mal informado. As tristezas são na verdade a marca do nosso tempo, mas nada como ter força para acreditar que é possível ter melhor. Acreditem e façam por isso. Bom Ano para blogueira e visitantes.

Quintanilha disse...

Essa dos pescadore está um pouco forte!
Assassinados?
Acha que é possível estar um helicóptero a sobrevoar cada barco que sai para a faina?
Estiveram lá no imediato, dois nadadores salvadores e nada conseguiram.
E se os pescadores tivessem os coletes salva-vidas colocados, teriam-se salvo? Enfim... resta a dúvida!
Um amargo fim-de-ano para as famílias.

tb disse...

Quero apenas esquecer o resto e desejar-te um bom 2007!
jinhos

Santos Passos disse...

Apesar de tudo, feliz 2007 pra ti e pros teus (e pra todos nós)

Anónimo disse...

Que 2007 seja tão intenso e feliz como os abraços da saudade.
Fica bem

Anónimo disse...

É o que eu também pergunto...
Bom 2007...

Didas

Anónimo disse...

E três desses quatro acontecimentos foram neste cantinho onde vivemos!
Quintaninha, claro que o termo assassinato é forte, como o é nos 4 casos que a Saltapocinhas referiu. E também penso que SE os pescadores tivessem coletes a história podia ser diferente, contudo se dizem que se investiu tanto em meios, equipamentos etc do tipo BayWatch como é possível lançar-se um pedido de socorro às 7 da manhã e o socorro chegar às 10 horas??? Não se fala em ter um helicóptero para cada barco, fala-se em demorar mais a chegada a poucos km do que de Lisboa a Berlim.