21 de novembro de 2007

Hoje, no Jornal da Noite

fiquei aparvalhada quado ouvi a notícia:
Uma agressão de alunos a professores numa escola EB 2,3 - não sei donde, nem isso interessa muito.

O que aconteceu foi que "numa brincadeira inocente" (tadinhas das "crianças") uns meninos e meninas fizeram um "túnel" e davam "calduços" a quem passava.
Brincadeira parva, mas que seria aceitável se se desenrolasse entre alunos.
Mas não.

Parece que a sessão de calduços se aplicava a todos os que passavam, incluindo professores.
Ora acontece que uma professora não gostou da brincadeira e deu um estalo à "criança" (por sinal uma matulona mal criada de 15 anos).

O que me incomodou mesmo, para além do sucedido, foi ouvir a mãe da "menina" dizer que ela é uma santa, que só foi pena... não ter batido mais à professora!
"Devia ter-lhe dado o dobro" rosnava a querida mamã...

Não se pode mandar prender uma pessoa destas??
E, já agora, mandar a menina trabalhar.
Mas por que raio hão-de os professores levar com esta gente que não anda a fazer nada nas escolas??

9 comentários:

Gotinha disse...

Eu já não vejo notícias para não ficar mais deprimida...

Angel disse...

Eu tb fiquei estupefacta c a resposta da mãe! Cm é q os miudos hão-de ser bem comportados e respeitadores se vem uma Parva destas (p ñ dizer outra coisa) e diz q a filha fez mt bem virar-se à professora, só tinha sido pena ñ lhe ter dado mais?!!! Só me apetecia dar um tiro no meio dos olhos àkela estúpida! E vem a menina, coitadinha, dizer q vai processar a professora pq ela lhe bateu 1º... Mas afinal o q é isto? Um professor tenta defender-se e toca a bater-lhe por cima??? Onde está o respeito pelos mais velhos e pela autoridade??? Foi com a chuva , se calhar... É isto que queremos ensinar aos nossos filhos? Que 'amor' com 'amor se paga? Ou eu ainda sou mt tradicionalista (e tenho 29 anos)ou então os ideais da nossa sociedade estão completamente deturpados...

Graça disse...

Também fiquei aterrorizada...
A mãe revelou-se... inqualificável!
Será que desta vez a senhora Ministra tomará consciência do que está a acontecer???

José António disse...

Então... vá lá, não desanimem. Que é isso dos professores levarem umas chapadas? Enquanto não lhe urinarem para cima, já se podem dar por felizes. O grave é que, em educação, a verdadeira dimensão dos estragos só se revela passados alguns anos. É por isso que eu acho que a Ministra deveria ficar, pelo menos, até 2012.

Emiele disse...

Eu não vi a reportagem, e não devo ter perdido muito.
Creio que este estado de coisas só se corrige no dia em que os pais forem verdadeiramente responsabilizados pelos actos dos filhos. Se não me engano, em Inglaterra está-se a ir por esse caminho. O certo é que a má educação de uma criança tem de ser da responsabilidade da sua família, portanto deve ser a família a responder por isso.
Pelo que contas tratava-se de «uma criança» já adolescente. Nesses casos é difícil às vezes ter-se mão neles mas a verdade é que por aquilo que contam, a mãe até aprovava os actos na menina...
De focar de boca aberta realmente

(não vou tão longe, como a «Angel», também tanto não, oh menina...)

Hindy disse...

É verdade! Muitas vezes me pergunto o mesmo!

Beijinho hindyado

aflores disse...

idem idem, aspas aspas...e a velha máxima vem mesmo a propósito;);)

dolce vita disse...

Pois minha linda, enquanto os pais não perceberem (não lhes dá jeito perceber)que a educação pertence-lhes,temos mães na telivisão e nas escolas a "matar" o professor.Mas sabes que também há professores com falta de educação,ética e muito mais??
E ainda há pais que apesar de tudo, não se manifestam pelo deficiente ensino,dos seus filhos.Porque será??!!
Passa no meu blogue.
um beijo

Anónimo disse...

Para quem acaba de chegar a este mundo estas noticias são animadoras... nem sei qual é melhor: trabalhar com estas criancinhas e os seus pais ou continuar desempregada :-)