6 de novembro de 2008

E como não há duas sem três.. mais Magalhães!

É notícia hoje que, afinal, não são os operadores que vão pagar os custos do Magalhães, como foi sempre afirmado pelos senhores do governo.

Foi Mário Lino (aquele senhor do "jamé", lembram-se??) quem o veio confirmar:
"O Estado pagará a diferença".

Eu gostava imenso de conhecer esse senhor para lhe agradecer a amabilidade!
Isto de viver num país rico é outra loiça!!

(tenho alunos que, apesar das enormes dificuldades financeiras, não tiveram direito a subsídio para livros e almoços...
Mas que falta fazem os livros e os almoços quando se pode ter um Magalhães?)

12 comentários:

aflores disse...

Eu sempre ouvi dizer:"quando a esmola é grande, o pobre desconfia".


...e continuas numa de Magalhães, ó camisola verde :)))))))))

Boop disse...

EU cá não estou totalmente de acordo contigo! (mas também não estarei tão por dentro das necessidades das escolas/alunos como tu)
Acho que é importante haver um acesso facilitado à tecnologia. E é nas idades mais percoces que é mais facil aceder a linguagens diferentes.
E pode-se sempre aproveitar o que de bom vem destas ideias governamentais! Ou não?

Leonor disse...

ola saltapocinhas.
vim a proposito do posso roubar este post

para mim e uma honra roubares-me seja o que for
mas ja agora esse roubar é apenas partilhar. sempre soube que trabalhar contigo seria isso mesmo.
beijinhos

Saltapocinhas disse...

@ leonor!
obrigada!

@ boop:
quando se dão computadores a uns alunos em detrimento de outros (a atribuição de subsídios é de uma injustiça tremenda... quem trabalha não tem direito a nada, quem nada faz - nem à escola vão - têm direito a tudo!!) as coisas começam logo mal por aí.
depois, achas normal dar computadores aos alunos quando a escola os não tem??

ameixa seca disse...

Se o Magalhães já dá de comer a alguém... eu também quero!!! É que quem vai ao supermercado vem sem um tostão no bolso e sempre fica mais barato ter um magalhães em casa ;)

Shakti disse...

Já foste ao meu canto ver a APCM...vai lá espreitar...LOL

bj

Graça disse...

Na minha escola grande parte dos alunos não tem direito a ter cacifo. Andam carregados de livros e mochilas o dia inteiro...
Nas minhas aulas os alunos apertam os casacos, põem os cachecóis à volta do pescoço, esfregam as mãos para poderem escrever e tiritam de frio dentro de salas gélidas...
Na semana passada, paguei do MEU bolso as fotocópias para os MEUS alunos poderem fazer testes, porque na minha escola não há dinheiro para fotocópias...
Mas afinal... será que isto pode ser verdade?!!! Somos RICOS!
Até os alunos que não sabem escrever têm direito a um Magalhães... Até os alunos que já têm computador são "aconselhados" a adquirir outro: o indispensável Magalhães... Até os políticos da cimeira têm, como prenda do senhor ministro, um Magalhães...
Por favor, tenhamos (todos) piedade de nós!!!

Anónimo disse...

Ah, e há mais... Há alunos carenciados a quem foi drasticamente cortado ou reduzido o subsídio... As verbas devem ter ido todas para as comparticipações no Magalhães! Entretanto, os meninos reais (muitos deles!) que não são do 1º ano e não têm Magalhães, vão tendo fome! E outros que até são do 1º ano, e vão ter Magalhães, vão tendo fome também...
E isto é verdade.

Lucinda disse...

Os livros esforçam as vistas e a comida engorda. Com um Magalhães quem é que precisa de comer? E de livros?
Um computador preenche uma vida, ensina um analfabeto, une casais... enfim, só vantagens.

Lucinda disse...

Outra coisa. Este conselho é para a Graça. Se os garotos puserem o computador sobre as pernas, serve de aquecedor.É um dois em um.

Bea disse...

estamos todos revoltados com as obscenidades que somos obrigados a fazer na "venda" do magalhães.
Ninguém põe isto a público?
o que mais nos vão obrigar a fazer???

Saltapocinhas disse...

ahahah! lucinda!
só tu para me fazeres soltar uma gargalhada com este assunto deprimente!!

bea: tentei ir "atrás" de ti, mas não deu...
obrigada pelo comentário e volta sempre.
quanto à pergunta que fazes, é a mesma que eu faço!!