20 de novembro de 2008

O pior cego é aquele que não quer ver!!

Fiquei indignada quando ouvi a ministra a dizer na entrevista que não há nenhum outro país da Europa com este (complicado) modelo de avaliação de professores porque também não há nenhum país da Europa com os nossos maus resultados académicos!!

Como se a culpa disto fosse dos professores!!
Ela não sabe em que país vive?
Comparou ela o nosso grau de literacia com o desses países?
O nosso ordenado mínimo com o desses países?
O nosso nível de pobreza com o desses países?

Esta senhora não se enxerga!

9 comentários:

Didas disse...

A culpa disto pode não ser totalmente dos professores, mas também é dos professores. Ou eles não têm nada a ver?
E mais, eu não interpreto isso assim, o que ela quer dizer é que, dadas as nossas características, também há que ter uma actuação diferente.
Esta palhaçada na educação está a atingir níveis preocupantes. No fim, ninguém vai ganhar e todos vamos perder. E no meio disto tudo ninguém parecer ter o mínimo bem senso. Nem o governo, nem os professores, nem o cabeça de porco Mário Nogueira, ninguém. Integrem-nos na Espaha duma vez, que esta merda é ingovernável por si só!

Lucinda disse...

Lá estás tudo a falar de coisas que mais ninguém quer ouvir. Claro que és tu a culpada porque não passas os meninos. Está visto, que se os professores não reprovassem, nem se falava neste assunto. Bem feito!

Lucinda disse...

Cabeça de porco?! Nem ao Pinto da Costa, nem ao primeiro ministro, nem à ministra, eu já ouvi chamar tal coisa. E olha que não gosto do que os sindicatos andam a fazer, já há muito tempo, e não tenho qualquer simpatia pelas outras duas figuras.

Shakti disse...

Esta senhora não deve é saber bem o que anda a fazer pelo governo...cada vez me convenço mais disso...

bj

Saltapocinhas disse...

didas:
a culpa dos professores do estado em que está a educação em portugal é irrisória.

não se podem atribuir culpas a professores desautorizados, a professores cujos alunos vêm para a escola passar um bocado e não chatear os pais, se aprendem ou não isso não interessa nada.

também há pais que até gostariam que os filhos tivessem sucesso, mas desvalorizam completamente a escola e a cultura em geral.
com ambientes assim, não há quem faça milagres!

tens razão quando dizes que esta situação está a atingir níveis preocupantes, mas só mesmo aí!

de resto, tu és tão fundamentalista contra os professores como a ministra.
tu tens desculpa já que estás de fora, ela não!

ameixa seca disse...

Maus resultados académicos?
Senhora Ministra eu estudei 18 anos sempre com óptimas notas. Saí da faculdade em 5 anos sem qualquer disciplina atrasada!! E agora, senhora ministra, eu estou desempregada. E não é por maus resultados académicos. Os alunos podem interessar-se pelos estudos desde que estejam motivados e desde que encontrem professores motivados pelo caminho!!! Ó Maria de Lurdes junta-te ao Vieira da Silva e resolvam de uma vez por todas as vossas frustrações, é que andamos todos fartos de ser sacos de pancada!!!

maria mar disse...

Uma pekena luzinha ao fundo do tunel, chamada "simplex". Mexe-se em 3 critérios e passa a simplex! Notas dos alunos? -O prof. já não chumba por causa delas!
Avaliado por um colega de outra área? -Pode estar descansado que não vai acontecer!
Avaliação presencial? -Também pode estar descansado que só acontece se assim o requerer!
E "A culpa disto pode não ser totalmente dos profs, mas também é dos profs". Muito bem! Só leva umas murraças kem ker!!! :(
Agora alto lá! Com a alteração deste último critério é que a porca vai torcer o rabo! Atenção aki ao "complex" da questão!
Quanto ao resto... mantêm-se as reuniões e trabalho fora de horas e sair da escola às tantas... sim porque há encarregados de educação(?) que precisam de saber se o prof. tá mesmo na escola até às tantas, a jeito de levar um bom par de estalos!!! Se não é uma chatice, têm k sair mais cedo do emprego(?) e enquanto saem e não saem, o prof escapa-se, esse madito(a)!

josé palmeiro disse...

Rapozinha, venho aqui deixar o meu braço, e disponibilizar todo o meu apoio, nesta luta contra uma "megera", indigna de ser MULHER!
Quanto aos "Pirilampos", que nunca lhes falte a luz.

Santos Passos disse...

Como estou longe, não tenho elementos suficientes pra me posicionar, nessa briga. Mas vê: minha irmã e meu cunhado, matemáticos e muito interessados no ensino fundamental, fizeram questão, agora em setembro, de visitar a escola de Vinhais. Saíram de lá maravilhados. Por aí podes depreender como vai o nível do ensino cá no Brasil. Mais: minha filha que mora em Connecticut, USA, está pasma com o péssimo nível do ensino da matemática ministrado à minha neta, de 8 anos. Parece que, de resto, é bom o ensino, lá. Mas quanto à Matemática...
Enfim, cada vez tenho mais dúvidas quanto a tudo isso. Lembro-me do mestre Millor que, há muitos anos, já disse que "O pior cego é o que quer ver". Beijinhos confusos.