1 de novembro de 2008

Obrigada Glicínias!

Ontem, ao fim da tarde, dirigi-me ao centro comercial cá do burgo - Centro Comercial Glicínias.
E não fui fazer compras!!
Fui lá porque eles ofereceram um computador à minha escola!!

Foi assim: eles contactaram o C. Executivo do meu agrupamento para que indicasse uma escola candidata a receber um computador.
O "meu" vice-presidente - que é um querido - indicou a minha escola.
Afinal, está quase a fazer um ano que não temos computadores na escola!

E então lá fui, eu e o vice presidente, posar para a foto, "com a mão no computador" (que está hoje no Diário de Aveiro, que também participa neste projecto).

Esta "exposição" (isto foi na zona dos restaurantes, com toda a gente que por lá estava sentada a olhar para nós, sem contar com os flashes para o jornal e para a página do Glicínias!) foi um preço pequeno a pagar para que os alunos da minha escola possam ter um computador.

Por isso, já que quem tem obrigação de equipar as escolas o não faz, "obrigada Glicínias".


Aí está o maralhal que foi buscar os computadores (abrangeu três escolas). Eu também estou por aí!!
Dão-se alvíssaras a quem me achar!!

19 comentários:

mfc disse...

Huummm...a minina é a de lencinho ao pescoço... acertei?!

bell disse...

Foi um lindo gesto! Já que lá vamos gastar o nosso dinheirinho, acho bem que contribuam.

Parabéns! Já podes (re)lançar os meninos no choque tecnológico;)

Shakti disse...

É bom quando existem iniciativas destas...aos poucos a tecnologia começa a chegar novamente à tua escola...quanto a quem és ...uma coisa eu sei...não és nenhuma das crianças ou o senhor do meio...LOL

bj

Saltapocinhas disse...

shakti:
confesso: sou o senhor do meio!!

tugga disse...

Acho muito bem que existam, este tipo de iniciativas. Mesmo em um país que parece tomado por um pseudo PC de nome Magalhães...

Lucinda disse...

Ficaste bem na fotografia.

Boop disse...

Uns com o Magalhães!
VocÊs com um computador!

Quem serás?

Saltapocinhas disse...

obrigada lucinda, mas a tua opinião é suspeita!!
não irias dizer mal da tua colega preferida, ihihih!!

Didas disse...

Por acaso até acho que também é obrigação das empresas, e não só do estado, contribuir para a melhoria da sociedade que lhes dá os lucros. Acho que estas coisas têm que partir do dinamismo de todos. E que as escolas, quando têm a iniciativa de conseguir apoios dos particulares, seja a vender rifas, seja a fazer concursos, seja a candidatar-se a computadores, está a fazer muito bem o seu papel, tirando na parte em que se começa a vitimizar e a queixar-se que o estado é um mauzão. E pronto, agora que já fiz o papel de ranhosa do costume, fico feliz por já terem o computador. Tenho a certeza que lhe saberás dar bom uso!

Boop disse...

De verde?
A sra às riscas faz-me lembrar a minha tia!

Saltapocinhas disse...

didas: concordo contigo quando dizes que não temos de esperar tudo do estado. claro que não!

já fazer de vitima não é a minha praia!
não me estou a fazer de vitima quando reclamo da camara (e não do estado, como dizes): estou só a ver se me ouvem, que aquela gente é cega, surda e muda!!
(a não ser quando falo deles no meu blog, aí aparecem logo!!)

PreDatado disse...

parabéns!

josé palmeiro disse...

Linda! Linda!.
Parabéns para ti e para a tua turma. Será que isto conta para a avaliação?
Tenho estas dúvidas porque não são "Magalhões", ou não será?
Não digas nada, é só p plural de "Magalhães"!

josé palmeiro disse...

Já agora, é esta a tua "abóbora"?

Saltapocinhas disse...

olá zé palmeiro, é tão raro ver-te por aqui!!
:)

este computador não tem nada a ver com os magalhões, (gostei do plural!!) foi um centro comercial que oferceu à minha escola!!

Grilinha disse...

Parabéns pelo novo computador.

Ainda há bons samaritanos

Eskisito disse...

A primeira vez que fui ao Glicínias deram-me um livro e colorir e uns lápis de cera que ainda hoje tenho. Mas a ti calhou-te a melhor parte das ofertas. E concordo contigo, quem os devia dar não faz nada para isso.
Beijos

Emiele disse...

Claro que ficaram todos a ganhar. O Glicínias teve uma boa propaganda e nem sei se com este gesto de mecenato não terá também algumas vantagens fiscais (sou um tanto cínica, eu). A publicidade paga-se tão cara que acredito que o computador não fosse um mau negócio.
Quanto a vocês, também me parece que o fazerem esta publicidade e chamarem a atenção para o evento in su sítio, não custou assim muito.

De resto, já agora o Câmara podia dar um outro para compensar o roubado. Devia haver seguros contra roubos para estas situações.

aflores disse...

Finalmente uma notícia de aplaudir e saltar de contente. Yes!!! :)

Quanto a descobrir onde está a jovem Prof e no meio de tanta gente bonita...é um pouco difícil...mas acho que... tás um pouquito pó gordito :o)

Beijinhos e abraços

(...e deixa-me fugir antes que leve com o aspirador)