7 de maio de 2009

Mania das grandezas

Não entendo como se continuam a construir centros comerciais gigantescos (parece que o que se estreou hoje é o maior da Europa), quando se fala tanto em crise a muitas pessoas não têm dinheiro nem para o essencial!

É certo que cria alguns empregos... Mas que tipo de empregos?
É este tipo de emprego que traz riqueza a um país?

5 comentários:

ameixa seca disse...

Aiii, tive um dejá vu! Falou-se no mesmo no blog da Vague (Marée haute)!
Também não entendo, eu nem sabia que estava a ser construído algo assim!
E ainda há quem esteja disposto a dormir ao relento para ficar na fila para a abertura do dito cujo. Se fosse algo mais importante para o país e para o povo... aposto que não descolavam o rabiosque do sofá :)

Emiele disse...

Ameixa, e também se falou no mesmo no meu!!!! (e eu ainda escrevi antes! Ninguém me liga...)O ser o "maior" parece um elogio, cá por mim... Como disse alguém num comentário no meu blog, essa é uma publicidade que pode ser negativa! Ou seja pode atrair exactamente quem gosta de Centros Comerciais, o que se calhar é a ideia.

Também me chocou a declaração de que vão criar empregos. Porque é um verdadeiro 'fogo de artifício', há trabalho enquanto as lojas não começarem a fechar...
Na minha perspectiva, criam-se verdadeiros postos de trabalho quando e inicia algo que PRODUZA não um local para vender o que alguém produziu.

Geoca disse...

É a lei dos grandes empresários que manda...
Em redor desse centro comercial, temos outros 4. O mais perto a 3.5Km e o mais longe a 17 Km.

José António disse...

Este senhor talvez ajude a perceber. Aqui: http://dn.sapo.pt/inicio/economia/interior.aspx?content_id=1226121

Didas disse...

Não vês que aquilo é na Amadora?