14 de maio de 2009

Xena

Apareceu cá por casa, feia, magra e escanzelada em Junho de 2006, "desapareceu" hoje da mesma maneira que todos os gatos (muitos, mesmo muitos...) que tenho tentado ter ao longo dos anos: atropelada.
Resta-me a consolação de ter a certeza que, entretanto, viveu dias bem felizes.
Mas é na mesma triste, muito triste...

11 comentários:

Maria disse...

Visitei o "Pópulo" e reparei na sua foto (nova) e ia dizer uma "gracinha"....Achei melhor vir aqui e deparo-me com a notícia, avalio bem a sua dor.Tive uma que se chamava Matilde, também morreu atropelada (é muito comum),era um pouco arisca, mas muito bonita,listrada de dois tons de cinzento e preto.Agora só tenho cães. A "Xena" também era linda!!!
Bom... o que eu vinha dizer era que esta fotografia está muito bonita e expressiva, valeu a pena a mudança.
Virei cá mais vezes, gosto do seu "Fábulas"

Emiele disse...

Oh Saltapocinhas!!!!
Nem sei que dizer. Perder um animal de estimação custa sempre (sei isso bem!) mas assim, num acidente, é pior.
Não entendo como é que morrem tantos gatos e cães nas estradas. Não fogem dos carros?! Os carros não os vêm? Tive imensa pena.

ameixa seca disse...

Ohhh pahhh... odeio estas notícias. Lembro-me sempre dos que já perdi! Os meus sentimentos.

Shakti disse...

É sempre triste...afinal acabam por ser da nossa família !

bj sentido

Saltapocinhas disse...

Obrigada Maria!
E volta sempre!

Emiele:
A minha rua tem algum trânsito, mas está longe de ser uma rua principal. Mas os carros passam aqui muito depressa porque fica numa zona recta.
Anteontem vieram tirar-me o portão da rua (foi para tratar e pintar) e a gatinha deve ter saído directa para a rua.
Como há muro de um lado e de outro, há pouca visibilidade. :(

Saltapocinhas disse...

obrigada ameixa e shakti!

Graça disse...

Tive muita pena!
Também tenho um desgosto enorme quando algum dos meus bichinhos desaparece...
E já conhecia a tua Xena.
Queres outro "bebé" 'quenininho para te fazer companhia? Se quiseres, arranjo-te um muito fofo; está a acabar de abrir os olhinhos, é cinzento claro com cauda e orelhinhas pretas.
Beijinhos!

Angel disse...

Coincidência esta notícia ter sido posta no mm dia do debate na Sic sobre os direitos dos animais... Até acredito q nem sempre se consiga parar a tempo de evitar o atropelamento, mas daí a irem embora cm se nada tivesse acontecido... enfim... Acho q se atropelasse um animal ficava em tal estado q mal conseguia retomar a viagem...

Castanha Pilada disse...

Oh...

PN disse...

Lamento muito. Custa tanto perdermos um desses membros da nossa família de quatro patas...

Bea disse...

ÓOOO pois é. Tão triste como foi com o meu Tropi...Tenho algures um post sobre ele. Todos choraram e foram tão corajosos que tive de ser eu a ir enterra-lo sozinha, num monte. bjs